🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Estadão Conteúdo
Orçamento apertado

Segmentos mais impactados de comércio e serviços tiveram perdas de R$ 225,7 bi em 2020

Montante é maior que o total produzido por países como Sérvia e Tunísia. Varejo de roupas perdeu 10% do seu tamanho no ano passado

Varejo
Vendas no varejo - Imagem: Alex Silva/Estadão Conteúdo

O total de perdas contabilizadas em 2020 pelo turismo, serviços, segmento de veículos e varejo não essencial no Brasil foi de cerca de R$ 225,7 bilhões, aponta levantamento produzido pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

O montante registrado é maior do que tudo o que países como a Sérvia (R$ 222 bilhões) e a Tunísia (R$ 214 bilhões) produzem em um intervalo de um ano.

De acordo com a pesquisa, apesar da retomada das atividades econômicas, muitos dos segmentos não devem se recuperar neste ano. A expectativa é que o varejo essencial experimente uma retração de 1%, e que o turismo ainda acabe 2021 no vermelho, com queda de 5% de receitas depois de uma variação expressiva para baixo em 2020, que beirou os 40%.

O turismo brasileiro perdeu R$ 52,1 bilhões em faturamento em 2020 em comparação a 2019, considerando a correção da inflação acumulada no período. O resultado foi um dos piores da história do setor, representando uma queda de 38,1% em comparação com o que o setor faturou em 2019.

No entanto, o setor que mais perdeu no ano passado foi o de serviços que, pelos dados, faturaram praticamente R$ 100 bilhões a menos em relação a 2019 - uma retração de 11,7%.

As vendas de veículos também caíram e apresentaram um prejuízo de R$ 41,2 bilhões (queda de 11,5% na comparação com 2019). Já o varejo não essencial, como lojas de roupas, por exemplo, fechou 2020 com um rombo de R$ 32 bilhões em comparação ao ano anterior, perdendo mais de 10% do seu tamanho.

Apesar das retrações expressivas, o varejo em geral registrou um aumento de 4,8%, cerca de R$ 83 bilhões a mais em vendas, puxado pelas atividades consideradas essenciais, como supermercados, farmácias, lojas de materiais de construção e postos de combustíveis, que tiveram ganhos de R$ 115,7 bilhões em 2020 - um salto de 8,2% na comparação com 2019.

Na avaliação da FecomercioSP, o desempenho positivo se explica pela injeção do auxílio emergencial no orçamento das famílias, com boa parte direcionada para este tipo de consumo.

No entanto, dado o cenário atual, a entidade entende que esses setores não se recuperem tão rápido. A tendência é que as concessionárias de veículos, o varejo não essencial e os serviços não revertam essas perdas neste ano, mesmo com um possível crescimento daqui em diante.

Medidas contra as perdas

Diante das perdas contabilizadas no levantamento, a FecomercioSP defende que algumas medidas sejam tomadas pelo Poder Público.

A Federação afirma que tem atuado junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para viabilizar linhas de crédito com taxas, carências e parcelamentos condizentes com a situação das micro e pequenas empresas. Um modelo defendido é o do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

Outro pedido é que o governo crie um auxílio emergencial correspondente a quatro parcelas, cada uma equivalente a 10% do faturamento mensal médio verificado no ano passado.

Além disso, a entidade ainda segue solicitando que os tributos das três instâncias estatais, vencidos em abril até junho deste ano, sejam consolidados com carência estabelecida de seis meses e possibilidade de parcelamento em até 60 vezes.

Compartilhe

INVESTIMENTO

Ceará terá fábrica de ônibus elétricos de grupo chinês

15 de setembro de 2022 - 9:05

A fábrica do Ceará da chinesa Higer Bus deve começar a operar em 2024, com capacidade inicial de 300 a 400 ônibus por ano e investimentos da ordem de US$ 20 milhões (R$ 103 milhões)

AO INFINITO E ALÉM?

Elon Musk quer te ouvir: Onde a Tesla deve instalar a próxima rede de carregadores para os carros elétricos?

14 de setembro de 2022 - 10:30

Tesla Charging pediu que o público comentasse os locais que desejam que seja inaugurada uma nova unidade de Supercharger. Os nomes mais curtidos devem entrar para uma votação oficial da empresa

INVESTIMENTO DE LONGO PRAZO

Warren Buffett desistiu de competir com Elon Musk? Berkshire Hathaway vende US$ 600 milhões em ações da BYD, rival da Tesla

6 de setembro de 2022 - 13:48

CEO da Berkshire Hathaway embolsou cerca de US$ 600 milhões nos últimos dois meses, ao vender quase 18 milhões de ações da chinesa a um preço médio de US$ 35

AUTOMÓVEIS

Confira 12 modelos de carros que estão com os dias contados e devem sair de linha até 2023

31 de agosto de 2022 - 8:26

Apuramos 12 linhas ou 14 modelos de carros que saem de cena em breve ou no mais tardar terão seus sucessores conhecidos em 2023

AUTOMÓVEIS

Vai comprar um carro novo? Descubra se ele está nesta lista de ‘marcados para morrer’

31 de agosto de 2022 - 5:28

A aposentadoria de um carro é frustante para quem acabou de adquiri-lo. Aqui você vai descobrir algumas pistas que podem evitar essa compra

AUTOMÓVEIS

Tá difícil comprar carro? 10 dicas que podem ajudar a ter um zero-km (ou quase isso) na garagem

13 de agosto de 2022 - 9:55

Cenário macroeconômico não ajuda, mas há formas de aproveitar o momento e garantir um carro mais novo ou até mesmo zero

Automóveis

Carros elétricos, SUVs e mais: confira 21 lançamentos que chegam às lojas ainda em 2022, com fotos e preços

5 de agosto de 2022 - 5:33

Como a indústria automotiva não para de surpreender, são diversos os lançamentos que o mercado aguarda de agora até dezembro; confira

CORRIDA DOS CARROS ELÉTRICOS

Elon Musk e Warren Buffett na mira do Alibaba: Saiba como a chinesa quer brigar com a Tesla e a BYD

2 de agosto de 2022 - 12:35

As companhias asiáticas anunciaram nesta manhã o lançamento de um centro de computação para treinar o software para automóveis autônomos

Batendo a primeira marca

Avanço, ainda que lento: veículos elétricos e híbridos chegam a 100 mil unidades no Brasil

31 de julho de 2022 - 13:35

Desde 2012, são 100.292 veículos que funcionam apenas com motor elétrico ou com motor elétrico e a combustão

AUTOMÓVEIS

SUV econômico é possível? Sim! Conheça os 10 modelos mais eficientes do mercado

28 de julho de 2022 - 6:04

Vamos indicar aqui os carros SUVs flex ou gasolina mais econômicos e com câmbio automático, já que os modelos manuais podem se desvalorizar mais na revenda

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies