Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-04-04T08:09:55-03:00
Estadão Conteúdo
Destravando o comércio global

Tráfego marítimo volta ao normal no Canal de Suez

O acidente provocou a paralisação da hidrovia e trouxe dificuldades para as linhas de abastecimento global nos últimos 12 dias. A liberação do Ever Given aconteceu apenas em 29 de março, quando uma maré alta de primavera ajudou a soltar o navio.

4 de abril de 2021
8:02 - atualizado às 8:09
canal de suez ever given
Imagem: Shutterstock

A Autoridade do Canal de Suez (SCA, da sigla em inglês) informou neste sábado, 3, que conseguiu normalizar o tráfego no local, eliminando o congestionamento que havia se formado nos últimos dias, devido ao acidente com o navio Ever Given, que bloqueou o acesso a uma das principais hidrovias do complexo.

Segundo a autoridade, desde que o cargueiro encalhou, em 23 de março, mais de 400 embarcações estavam esperando nas extremidades norte e sul da hidrovia de 120 milhas (cerca de 193 quilômetros). Agora, com a liberação desses navios, o canal retomou seu ritmo normal de operação.

O acidente provocou a paralisação da hidrovia e trouxe dificuldades para as linhas de abastecimento global nos últimos 12 dias. A liberação do Ever Given aconteceu apenas em 29 de março, quando uma maré alta de primavera ajudou a soltar o navio.

A autoridade local disse que 85 embarcações cruzaram a infraestrutura neste sábado, quase o dobro da média entre 40 e 50 navios diários.

Para ajudar a limpar o acúmulo, os navios parecem ter viajado mais rápido pelo canal. De acordo com a Autoridade do Canal de Suez, a velocidade máxima permitida é entre 7,6 e 8,6 nós, mas o site de rastreamento de navios Marine Traffic mostrou que muitos dos navios estavam viajando em torno de 8 e 10 nós nos últimos dias.

Inaugurado em 1869, o Canal de Suez conecta o Mar Mediterrâneo ao Mar Vermelho e facilita o comércio entre a Europa e a Ásia. A hidrovia transporta até 13% do comércio marítimo global e 10% dos embarques de petróleo por via marítima. Cerca de US$ 400 milhões em carga normalmente fluem pelo canal a cada hora, de acordo com a empresa de análise de dados dos Estados Unidos, Dun & Bradstreet.

Algumas embarcações que esperavam para passar pelo canal já haviam desistido e começado a rota mais longa para a Europa em torno do Cabo da Boa Esperança, no sul da África, adicionando duas semanas às suas viagens.

O foco agora se voltará para uma investigação sobre como o Ever Given aterrou. Os investigadores ainda estão determinando exatamente o que aconteceu, dizendo que uma forte tempestade e ventos fortes podem ter sido um fator.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

de olho na inovação

Amazon sinaliza interesse por criptomoedas em anúncio de emprego

Empresa procura “um líder de produto experiente para desenvolver a estratégia e o roadmap de produtos e moedas digitais

balanço em foco

Lucro da Hypera Pharma aumenta 18% no segundo trimestre

Cifra chegou a R$ 470,6 milhões no período; companhia obteve alta de 43,5% na receita líquida, a R$ 1,5 bilhão

seu dinheiro na sua noite

Quebrando recordes na corrida dos ETFs

A pira foi acesa em Tóquio: os Jogos Olímpicos estão oficialmente abertos — e eu estou empolgadíssimo. Não sei vocês, mas eu adoro as Olimpíadas, principalmente os esportes não muito convencionais. Claro, é legal assistir futebol, vôlei e basquete, mas eu gosto mesmo é de ver as modalidades que nunca passam na TV. Duelo de […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Inflação salgada pressiona juros, mas dados americanos amenizam alta do dólar — já a bolsa não escapou da queda

Em semana recheada de ruídos políticos e incertezas, o Ibovespa acumulou uma queda de 0,72%. Já o dólar à vista subiu 1,86%, a R$ 5,2105

de olho no ir

Alta da arrecadação não dá ‘total liberdade’ para reduzir impostos, diz secretário do Tesouro

Jeferson Bittencourt considerou também que a reforma do IR ainda está em aberto, com muito para se discutir

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies