Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-03-05T12:58:47-03:00
Estadão Conteúdo
Vendas no Varejo

Varejo cresce 3%, ativado pelo setor de construção e supermercados

Conforme os dados da Fecomércio, o setor da construção registrou, ao final de 2020, crescimento de 18,7% no faturamento, fechando o ano em R$ 67,6 bilhões

5 de março de 2021
12:58
Black Friday magazine luiza, via varejo e b2w v2
Imagem: Shutterstock, com intervenção de Andrei Moraes

Estimulado por lojas de materiais para construção e supermercados, além do benefício do auxílio emergencial, pago pelo governo federal entre abril e dezembro do ano passado, o varejo paulista terminou o ano de 2020 com alta de 3% no seu faturamento em comparação com o ano anterior, como mostra a Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista (PCCV), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Conforme os dados da Fecomércio, o setor da construção registrou, ao final de 2020, crescimento de 18,7% no faturamento, fechando o ano em R$ 67,6 bilhões, enquanto os supermercados tiveram aumento de 13,8%; faturando R$ 297,6 bilhões no período. O crescimento se explica, segundo a instituição, as demandas das famílias em meio à quarentena, seja promovendo pequenas reformas ou porque, diante das restrições impostas pelas autoridades, precisaram cozinhar mais em casa.

A entidade ressalta, no entanto, que o varejo no Estado teria queda de 1,1% no seu faturamento em um cenário sem o auxílio emergencial, benefício que injetou R$ 32,4 bilhões na economia paulista entre abril e dezembro, montante que representa 4% de tudo o que o varejo faturou no ano.

Já os setores como o de vestuário, tecidos e calçados e as concessionárias de veículos registraram quedas expressivas. o setor de vestuário perdeu um quinto do seu tamanho (-20,3) no ano passado, enquanto o setor de concessionárias de veículos encolheu 17,7%.

A PCCV utiliza dados da receita mensal informados pelas empresas varejistas ao governo paulista por meio de um convênio de cooperação técnica firmado entre a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz-SP) e a FecomercioSP.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Crise dos chips

Sem carro zero no mercado, preço de usados sobe até 20% e vendas disparam – carro usado chega a custar mais que um novo

Mercado enfrenta escassez de semicondutores, demanda alta por veículos e prazos longos para a entrega

sem escassez

Fábrica da Tesla em Xangai deve terminar setembro com 300 mil carros produzidos em 2021

Marca será atingida mesmo em meio a uma escassez global de semicondutores, disseram duas fontes da montadora à Reuters

Fim da pandemia

CEO da Pfizer prevê que voltaremos à vida normal dentro de um ano, mesmo com novas variantes do coronavírus

Albert Bourla acredita que vacinação contra a covid-19 se tornarão anuais, para cobrir novas variantes, e que vacinas durarão um ano

ainda não acabou

Controladores da Alliar (AALR3) contratam XP para vender o negócio, diz jornal

Empresa de diagnósticos foi alvo, recentemente, de disputa pelo controle pela Rede D’Or e fundos ligados ao empresário Nelson Tanure

Mais recursos

Democratas aprovam pacote de US$ 3,5 tri no Comitê de Orçamento da Câmara dos EUA

Recursos serão destinados à rede de segurança social e programas relacionados a mudanças climáticas. Obtenção de quase unanimidade para aprovação no Congresso é desafio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies