Menu
2020-06-10T15:41:32-03:00
Estadão Conteúdo
dados da firjan

Com coronavírus, importações no Rio crescem 55% no 1º trimestre

As importações do Estado do Rio de Janeiro aumentaram 55% no primeiro trimestre do ano, impulsionadas pelas compras relacionadas ao combate da covid-19, que atingiram US$ 7,8 bilhões, segundo levantamento da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro

10 de junho de 2020
15:41
máscara coronavírus
Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

As importações do Estado do Rio de Janeiro aumentaram 55% no primeiro trimestre do ano, impulsionadas pelas compras relacionadas ao combate da covid-19, que atingiram US$ 7,8 bilhões, segundo levantamento da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). As exportações subiram 3%, para US$ 6,5 bilhões, resultando em um saldo negativo da balança comercial do Estado de US$ 1,3 bilhão.

O avanço das importações no período foi reflexo das aquisições de bens industriais (US$ 6,9 bilhões), que aumentaram 80%, com crescimento tanto nas compras de bens de capital quanto de bens intermediários, disse a entidade.

Entre os itens que tiveram mais destaque nas importações do primeiro trimestre estão máquinas e aparelhos mecânicos com função própria (aumento de 106%), incluindo máquinas para fabricação de máscaras de proteção respiratória; máquinas e aparelhos elétricos com função própria (aumento de 55%), que inclui controladores faciais com leitura de temperatura; e insumos de produção para indústria farmacêutica (38% de aumento).

Já o aumento das exportações fluminenses foi consequência do incremento de 17% nas vendas de produtos básicos (US$ 4,7 bilhões), sobretudo devido à alta demanda da Espanha e de Portugal pelo petróleo fluminense.

"Com alíquota de importação zerada pela Câmara de Comércio Exterior (Camex), produtos relacionados ao combate da Covid-19 tiveram grande peso no fluxo comercial. Isso demonstra como a indústria fluminense se posicionou e aproveitou os benefícios de importação para contribuir no combate ao novo coronavírus", explicou Giorgio Rossi, coordenador da Firjan Internacional.

Segundo a Firjan, de janeiro a março de 2020, o Rio de Janeiro registrou uma corrente de comércio de US$ 14 bilhões, uma participação de 15% no comércio exterior nacional, se mantendo como o segundo player do país com maior fluxo internacional, atrás apenas de São Paulo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Guidance

Helbor divulga prévias operacionais do quarto trimestre e previsão de lançamentos para 2021

Construtora viu queda no número de lançamento e nas vendas, tanto no trimestre quanto no ano de 2020

novo nome

Banco Inter reforça área de investimentos com contratação de ex-Santander

Felipe Bottino, ex Pi Investimentos, assume Inter Invest com a missão de aumentar o número de pessoas físicas que aplicam com a plataforma

guerra dos frangos

KFC denuncia IMC por descumprimento de contrato e ações caem mais de 6%

Operadora de restaurantes negociava repactuação de contrato de master franquia para rever metas e prazos para abertura de lojas

Recuperação

Brincadeira de gente grande: Goldman Sachs e Bank Of America divulgam resultados do 4T20

Grandes empresas, como o Goldman Sachs e o Bank Of America, anunciaram os seus resultados do quarto trimestre de 2020 e eles são bastante animadores.

Prévia operacional

Cyrela tem crescimento de vendas e lançamentos em 2020, e analistas gostam dos números

Lançamentos totalizaram R$ 2,873 bilhões, enquanto vendas líquidas somaram R$ 1,860 bilhão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies