Menu
2020-03-17T13:26:54-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Crise do coronavírus

BC dos EUA lança programa de US$ 10 bilhões para reforçar crédito

Programa do Fed vai apoiar o fluxo de crédito para famílias e empresas no mercado de “commercial paper”, que vem sofrendo restrições em razão do coronavírus

17 de março de 2020
13:26
Dólar
Imagem: Shutterstock

O Banco Central dos Estados Unidos (Federal Reserve) anunciou na manhã de hoje um novo estímulo para sustentar a atividade da maior economia do mundo em meio à crise do coronavírus.

Trata-se de um programa de US$ 10 bilhões (R$ 55 bilhões, no câmbio de hoje) para apoiar o fluxo de crédito para famílias e empresas, no mercado de “commercial paper” (notas promissórias).

“Ao garantir o bom funcionamento desse mercado, principalmente em tempos de tensão, o Federal Reserve está fornecendo crédito que apoiará famílias, empresas e empregos em toda a economia”, informou o Fed.

Leia também:

O mercado de financiamento via “commercial paper” tem sofrido “pressões consideráveis” diante da maior incerteza com o surto de coronavírus, segundo o Fed.

O BC dos EUA vem usando todo o arsenal para conter os impactos do coronavírus na economia. Antes de surpreender o mercado novamente ao anunciar o corte das taxas de juros para um intervalo entre 0% e 0,25%, o Fed já havia lançado um pacote de estímulos da ordem de US$ 1,5 trilhão.

O anúncio da nova linha de estímulo ajudou a melhorar o humor dos mercados nesta terça-feira. Aqui no Brasil, o Ibovespa marcava alta de 6,79%, aos 76.000 pontos, por volta das 13h.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Pesquisa da FGV

Presente mais caro: inflação do Dia das Mães é a maior dos últimos quatro anos

Levantamento da FGV mostra que a inflação no Dia das Mães é a maior desde 2017; eletrodomésticos e passagens aéreas tiveram maiores saltos

Expansão

SPX Capital assume operações do Carlyle no país

As operações do Carlyle no Brasil serão absrovidas pela SPX Capital. Com isso, a gestora de Rogério Xavier se expande em private equity

ESTRADA DO FUTURO

Um pé no abismo e outro na casca de banana: como identificar ações de empresas decadentes

Excesso de otimismo, planos mirabolantes e desprezo pela inovação estão entre as receitas para uma empresa falhar, segundo o gestor que se dedicou a descobrir empresas terríveis

Novo competidor

Grupo catarinense que fatura R$ 8,8 bi vai abrir 1º atacarejo no estado de SP

O Grupo Pereira vai abrir uma unidade da Fort Atacadista, sua bandeira de atacarejo, na cidade de Jundiaí; forte competição em SP é desafio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies