Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-08-19T09:38:06-03:00
Estadão Conteúdo
Efeito covid-19

Barômetro da OMC confirma queda histórica no comércio de bens

Pelo barômetro, leituras de 100 indicam crescimento em linha com as tendências de médio prazo. Resultados maiores que 100 sugerem crescimento acima da tendência e menores que 100, abaixo da tendência

19 de agosto de 2020
9:38
Sede da Organização Mundial do Comércio (OMC)
Sede da Organização Mundial do Comércio (OMC) - Imagem: Shutterstock

O comércio global de bens provavelmente registrou uma queda histórica no segundo trimestre de 2020 em meio aos efeitos da pandemia do novo coronavírus, segundo o chamado "barômetro de comércio de bens" da Organização Mundial do Comércio (OMC).

Divulgado nesta quarta-feira, 19, o barômetro da OMC está atualmente em 84,5 pontos, 18,6 pontos abaixo do nível do mesmo período do ano passado. Trata-se do pior resultado do índice numa série histórica iniciada em 2007 e está em linha com estatísticas da OMC disponibilizadas em junho, que previam uma retração anual de 18,5% no comércio mundial no segundo trimestre.

Pelo barômetro, leituras de 100 indicam crescimento em linha com as tendências de médio prazo. Resultados maiores que 100 sugerem crescimento acima da tendência e menores que 100, abaixo da tendência.

Indicadores adicionais apontam incrementos parciais no comércio mundial e produção durante o terceiro trimestre, mas a OMC ressalta que a força da recuperação continua sendo "altamente incerta", uma vez que poderá ser em forma de "L", e não em forma de "V".

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

PROMESSA DESCUMPRIDA

Reforma administrativa não sai antes das eleições, admite relator da proposta na Câmara

O deputado Arthur Maia afirmou que faltou empenho do executivo para garantir que o texto fosse aprovado no Congresso

FOGUETE SEM FREIO

Boeing tropeça e SpaceX, de Elon Musk, garante mais três viagens tripuladas com a Nasa

O plano original era alternar missões com as duas empresas, mas o Starliner, foguete da Boeing, deve ficar impedido de voar até 2023

ALÍVIO NO BOLSO

Sem dizer quanto, Bolsonaro promete que Petrobras (PETR4) anunciará redução no preço dos combustíveis nesta semana

O presidente, que é um dos críticos mais ferrenhos da política de preços da estatal, afirmou que a queda deve seguir por algumas semanas

INVESTIDORES ATENTOS

4 fatos que mexem com o Ibovespa na próxima semana — incluindo Copom e IPO do Nubank

O principal índice acionário brasileiro terá um calendário cheio de eventos e dados econômicos para digerir ao longo dos próximos dias

Alívio no Orçamento

Com receita acima do esperado, Economia reduz estimativa de rombo nas contas públicas em 2022

Considerando todo o setor público, o que inclui Estados e Municípios, as novas projeções da pasta preveem até mesmo um saldo positivo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies