Menu
2019-03-28T17:53:22-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Levou pra casa

Rumo vence disputa por lote central da ferrovia Norte-Sul com lance de R$ 2,719 bilhões

Lance superou a proposta da única concorrente, a VLI Multimodal, que tinha oferecido R$ 2,065 bilhões pelo trecho

28 de março de 2019
16:21 - atualizado às 17:53
Trem com o logo da Rumo
Trecho arrematado pela empresa liga Porto Nacional (TO) a Estrela d'Oeste (SP)Imagem: Divulgação

Com uma oferta de R$ 2,719 bilhões, a Rumo venceu a disputa pelo trecho central da Ferrovia Norte-Sul, ao oferecer ágio de 100,92%. O valor mínimo de outorga era de R$ 1,353 bilhão pela concessão por 30 anos. O lance superou a proposta da única concorrente, VLI Multimodal, que ofereceu R$ 2,065 bilhões. Este é o primeiro leilão do setor ferroviário nos últimos 12 anos.

O trecho de 1.573 quilômetros da ferrovia ofertado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) liga Porto Nacional (TO) a Estrela d'Oeste (SP). O empreendimento já recebeu R$ 16 bilhões em investimentos públicos e o edital prevê o aporte de mais R$ 2,8 bilhões ao longo do período de concessão.

O trecho envolvido no leilão foi construído pela Valec, estatal de ferrovia, e ainda não está concluído. Segundo especialistas, será preciso investir uma soma considerável para corrigir erros de execução e de projeto ao longo do trecho já construído da ferrovia.

A estimativa do governo é que, ao final da concessão, o trecho ferroviário tenha demanda equivalente a 22,73 milhões de toneladas.

Tudo está alinhado

Logo depois de divulgado o resultado do leilão, o presidente da Rumo, Julio Fontana, afirmou que o trecho arrematado tem muita sinergia com a operação da companhia.

O executivo disse acreditar que o Brasil vai mudar o ritmo de crescimento. "Temos a esperança que as cargas desse trecho irão alimentar o portfólio dos nossos clientes e do nosso produto, podendo aumentar principalmente a questão de carga geral", afirmou.

Segundo ele, o Brasil ainda é bastante incipiente no transporte deste tipo de produto.

Ao comentar o ágio expressivo pago no certame da Ferrovia Norte-Sul, Fontana afirmou julgar que pelo retorno do investimento valia a pena praticar tal ágio. "Esperamos ter retorno do investimento no curto espaço de tempo."

Questionado sobre os investimentos necessários para terminar alguns trechos da ferrovia o executivo afirmou ter planos de negócios baseado nas premissas da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a conta com estudos da companhia. "Consideramos que os riscos são menores que as vantagens", disse.

Com relação aos problemas de origem técnica e de projeto envolvendo o projeto e os investimentos exigidos, Fontana observou que não existe diferença de bitola em toda a Norte-Sul.

"Ela é toda em bitola larga que tem sinergia na confluência com a malha paulista, que é nossa malha. Precisamos concluir construção da ferrovia. Olhar os pontos em que houve problema de construção (apontados pelo TCU), fazer correções e tocar a vida", afirmou ele, durante coletiva de imprensa após o leilão, realizado na bolsa paulista.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Mudanças

BB confirma Ieda Cagni para presidência do Conselho de Administração

Nesta quarta-feira, foi realizada a primeira reunião do novo Conselho do Banco do Brasil. Na ocasião, os membros eleitos na assembleia definiram os ocupantes dos cargos de presidente e vice-presidente do colegiado.

Seu Dinheiro na sua noite

A receita do dr. Copom: +0,75 ponto de Selic na veia

O Copom cumpriu as expectativas e aumentou a Selic ao nível de 3,5%. No entanto, o comunicado trouxe algumas surpresas

Ficou para 31 de maio

Bolsonaro veta novo adiamento de prazo para entrega do Imposto de Renda

O presidente aceitou a recomendação feita pelo Ministério da Economia, que previa um impacto negativo na arrecadação da União e estados com uma nova data

Mudança nos juros

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom

Veja o que ficou igual e o que mudou na decisão do Copom a respeito da taxa Selic, elevada ao patamar de 3,5% ao ano

CRYPTO NEWS

O mercado está cheio de bitcoin, mas as prateleiras estão vazias

O fluxo de saída da criptomoeda mais famosa das exchanges é algo inédito deste ciclo e pode representar a falta do ativo nas exchanges de cripto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies