Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-09-11T08:29:42-03:00
Estadão Conteúdo
fala rodrigo

Maia cobra que governo envie reformas tributária e administrativa

Presidente da Câmara negou que tenha feito acordo com o ministro Paulo Guedes e o presidente do Senado para a tramitação da reforma tributária e do Pacto Federativo

11 de setembro de 2019
8:29
Rodrigo Maia
Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta terça-feira, 10, que se o governo quiser participar da discussão da reforma tributária tem de fazê-lo oficialmente, por meio de uma proposta encaminhada ao Congresso. Segundo ele, seria "estranho" o governo não ter uma proposta de reforma de simplificação dos impostos.

Maia negou que tenha feito um acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para a tramitação da reforma tributária e do Pacto Federativo no Congresso. Disse que os senadores podem votar a proposta de reforma que tramita no Senado, mas lembrou que, pela Constituição, a proposta enviada pelo governo tem de começar a tramitar pela Câmara dos Deputados. "Não tem como fazer o Senado protagonista nessa agenda", afirmou.

Já a proposta do Pacto Federativo, que será por meio de Proposta de Emenda à Constituição (PEC), Maia afirmou que poderia ser apresentada por um senador. O presidente da Câmara disse que a apresentação da proposta do Pacto Federativo pelo governo está atrasada. Segundo Maia, o compromisso era que o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro, apresentaria a proposta para tirar as "amarras" do Orçamento.

"Na reforma tributária não teve nenhum tipo de acordo, como alguns senadores estão dizendo", afirmou Maia, que esteve reunido na noite desta terça-feira, 10, com Guedes. Para o deputado, o conceito da reforma tributária das duas propostas que estão no Congresso não é muito distante na questão do Imposto sobre Valor Agregado (IVA), o novo imposto que seria criado com a fusão dos atuais. "A questão é saber se separa Estados e municípios da União", ressaltou.

Reforma Administrativa

O presidente da Câmara informou que alertou Guedes que a proposta de reforma administrativa só pode ser apresentada pelo Executivo à Câmara. Entre os pontos da reforma está o fim da estabilidade dos servidores públicos, a redução do número de carreiras e a diminuição dos salários iniciais dos servidores para um patamar mais próximo ao da iniciativa privada.

Maia insistiu que essa proposta é essencial e até mesmo ponderou que ela pode ser mais importante do que a PEC que muda a regra de ouro (que proíbe o governo de se financiar para pagar gastos correntes) que tramita atualmente na Câmara. Maia admitiu que vê risco de a PEC da regra de ouro abrir caminho para mudanças em outra regra, a do teto de gastos (que atrela o crescimento das despesas à variação da inflação). O deputado é contrário a mexer no teto de gastos.

Cessão Onerosa e Lei Kandir

O presidente da Câmara também disse que conversou com o ministro sobre o cronograma de votação da PEC que abrirá caminho para o megaleilão de petróleo do pré-sal. A expectativa é que a proposta esteja pronta para votação em primeiro turno no dia 5 de novembro.

O segundo turno ocorreria logo em seguida, segundo Maia, a tempo do leilão ocorrer esse ano. "É importante que possamos avançar", disse. Uma das ideias em estudo é incluir na PEC a transferência de R$ 4 bilhões para compensar Estados e municípios exportadores pela desoneração da Lei Kandir.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

O melhor do seu dinheiro

Um investimento raiz na bolsa, balanços a todo vapor e outras notícias que mexem com seu dinheiro hoje

A onda de polarização na sociedade não vem de hoje, mas ela já foi mais bem humorada. Houve um tempo não muito distante em que o mundo se dividia em dois grupos bem distintos: o “raiz” e o “nutella”. As expressões que viraram meme na internet comparavam a forma como as pessoas faziam as coisas […]

Índice geral de preços

IGP-M avança 0,78% em julho e acumula alta de 33,83% em 12 meses

O resultado é influenciado principalmente pelos efeitos sazonais, exportações e alta no Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA)

Esquenta dos Mercados

PIB e inflação dos EUA devem movimentar o dia enquanto temporada de balanços avança e anima mercados

E mais: China acalma medo regulatório dos investidores e bolsas da Ásia sobem, animando os índices pelo mundo

Contrato assinado

Petrobras assina contrato para venda da Gaspetro

O valor da venda é de R$ 2,03 bilhões, assinado com a empresa Compass Gás e Energia S.A.; o fechamento da transação está sujeito a aprovação pelo Cade

Estrada disputada

TCU aprova plano de concessão da Dutra e dá aval à isenção de pedágio para motos

Atualmente a rodovia é administrada pela CCR, mas contrato, que já foi prorrogado, se encerra no começo do próximo ano, e haverá um novo leilão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies