Menu
2019-10-14T14:21:56-03:00
Estadão Conteúdo
Economia em dificuldades

Incertezas com Brexit e quadro global pesam no Reino Unido, diz Carney

Presidente do BoE afirmou que a economia do Reino Unido poderia ter várias reações, a depender dos progressos no Brexit

23 de agosto de 2019
17:09 - atualizado às 14:21
Bank of England
Bank of England - Imagem: Shutterstock

O presidente do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Mark Carney, afirmou que a economia do Reino Unido opera "um pouco abaixo de seu potencial, com a inflação um pouco acima da meta". Segundo ele, as incertezas no processo da saída do país da União Europeia, o Brexit, e a atividade global mais fraca têm pesado sobre a atividade econômica local.

Carney realizou o discurso durante o simpósio anual do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) em Jackson Hole. Em sua fala, ele enfatizou o quanto o quadro para o Reino Unido depende da "natureza e do momento" do Brexit.

O presidente do BoE afirmou que a economia do Reino Unido poderia ter várias reações, a depender dos progressos no Brexit, com implicações "substanciais" para a política monetária. A possibilidade de uma saída sem acordo provavelmente levaria a um recuo da libra, à elevação da inflação e à piora na demanda, o que refletiria a perda de acesso para produtos britânicos no exterior, além de elevar as incertezas e provocar condições financeiras mais restritas.

Carney disse que não é possível antecipar a resposta, mas o resultado mais provável seria um relaxamento na política monetária, no caso de um Brexit sem acordo, a fim de ajudar a inflação a voltar à meta. Isso dependeria, porém, da natureza exata dessa separação, enfatizou.

"No fim das contas, a política monetária poderia apenas suavizar o ajuste a esse grande choque real que uma saída sem acordo geraria, mas mesmo essa capacidade seria contida pelos limites de tolerância de inflação acima da meta", avaliou.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

pandemia em pauta

Guedes: Por ‘infelicidade’, Bolsonaro não deixou claro problema da saúde

Guedes defendeu a imunização contra a covid-19 para evitar nova queda economia, diante da “tragédia que voltou a nos atingir” ao falar sobre o agravamento da pandemia.

O melhor do seu dinheiro

Stuhlberger blindado no dólar

Com alta de quase 10% em 2021, o dólar tem sido, até agora, um dos melhores investimentos do ano. Pode até parecer estranho, tendo em vista a quantidade de estímulos fiscais e monetários nos Estados Unidos. Mas parte dessa valorização não vem exatamente do fortalecimento da moeda americana, mas do enfraquecimento do real. É no […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Ufa! Ibovespa avança quase 5% em semana de alta volatilidade, mas dólar vai a R$ 5,68

A PEC emergencial e a disparada dos títulos públicos norte-americanos monopolizaram o noticiário, pressionando o câmbio e a bolsa

Regime especial

STF forma maioria para manter sigilo das informações do programa de repatriação

A análise tem origem em uma ação proposta pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) em 2017.

Algo não agradou

Guedes vê perda estrutural em PEC do auxílio

O sentimento na equipe de Guedes foi de perda da possibilidade de acionamento dos gatilhos em caso de calamidade por mais dois anos seguintes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies