Menu
2019-05-20T11:43:51-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Próxima reforma no radar

No Twitter, Bolsonaro diz que governo pretende apresentar proposta de reforma Tributária após Previdência

Enquanto a proposta na Câmara defende a criação de um novo tributo de bens e serviços, com a unificação de impostos federais, estaduais e municipais, a proposta do governo deve focar somente nos impostos federais

20 de maio de 2019
11:29 - atualizado às 11:43
Jair Bolsonaro, presidente da república
Imagem: Isac Nóbrega/PR

Enquanto a reforma da Previdência ainda caminha no Congresso, o presidente Jair Bolsonaro já pensa nos próximos passos do governo.  Nesta segunda-feira (20), o presidente Bolsonaro utilizou sua conta oficial no Twitter para declarar que sua gestão pretende apresentar uma proposta de Reforma Tributária após a tramitação da Previdência.

O presidente aproveitou para destacar que a aprovação da Nova Previdência permitirá que o governo destrave a agenda de reformas programadas.

Enquanto o governo ainda ensaia um texto de reforma Tributária, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara pode votar ainda nesta semana a proposta apresentada pelo deputado Baleia Rossi (MDB-SP). O texto é baseado nas ideias do economista Bernard Appy, do Centro de Cidadania Fiscal (CCiF).

A proposta hoje em discussão na Câmara defende a criação de um novo tributo de bens e serviços, com a unificação de impostos federais, estaduais e municipais. Conforme declarações já feitas pelo ministro da Economia Paulo Guedes, a proposta do governo deve focar somente em mudanças nos impostos federais.

 

 

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Orçamento em foco

Presidente da Câmara defende a desvinculação total do orçamento

Arthur Lira (PP-AL) rejeita tese segundo a qual desvinculação deixaria setores essenciais sem recursos

Liminar

Tribunal de Contas de São Paulo suspende leilão de linhas da CPTM

Leilão estava previsto para a próxima terça-feira

Contra a pandemia

Câmara dos EUA aprova pacote de US$ 1,9 trilhão

Projeto de lei segue agora para o Senado

IPO registrado

Rio Branco Alimentos protocola pedido de registro de oferta pública de ações

Oferta será primária e terá como coordenador-líder o Citi, além da coordenação do Bank of America Merril Lynch e do BTG Pactual

Boleto salgado

Aneel mantém bandeira amarela em março; conta de luz continua com taxa adicional

É o terceiro mês consecutivo que o órgão regulador aciona bandeira neste patamar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies