Menu
2019-04-04T14:11:36-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Turma preocupada

Governadores alertam Guedes sobre a condução da reforma da Previdência

Líderes estaduais afirmam que a reforma da Previdência é uma condição de sobrevivência para União, Estados e municípios

26 de março de 2019
15:22 - atualizado às 14:11
O ministro da Economia, Paulo Guedes, participa da reunião extraordinária no Fórum de Governadores
Fórum de Governadores - Imagem: José Cruz/Agência Brasil

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), disse nesta terça-feira, 26, que os governadores reunidos nesta data em Brasília expuseram ao ministro da Economia, Paulo Guedes, suas preocupações políticas com a condução da reforma da Previdência. Segundo ele, o ministro sinalizou a antecipação de receita de privatizações de estatais estaduais para os governos em dificuldades financeiras.

"Deixamos claras as preocupações dos governadores sobre relação entre governo e Congresso. Queremos que a decisão sobre a reforma da Previdência se dê o mais rápido possível. Se o ambiente político retardar aprovação da Previdência, os Estados terão menos tempo para aprovarem medidas complementares juntos às Assembleias Legislativas", afirmou, após reunião extraordinária do Fórum dos Governadores, no Palácio do Buriti.

O governador gaúcho reforçou que a reforma da Previdência é uma condição de sobrevivência para União, Estados e municípios. "O tempo político para a Previdência é curto, porque teremos eleições municipais em 2020. No fim deste ano muitos parlamentares e partidos já estarão discutindo as eleições para as prefeituras. O governo precisa focar toda a sua energia na reforma da Previdência agora", completou.

Leite disse ainda que o ministro Guedes, apesar de não ser o responsável direto pela negociação política, o tem feito de maneira dedicada. Segundo ele, Guedes teria condicionado divisão aos Estados das receitas do leilão do excedente da cessão onerosa à aprovação da reforma da Previdência.

Já o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), revelou que não há consenso entre os governadores a respeito da proposta de reforma que tramita no Congresso. "O ambiente político atual não é propício para a aprovação da previdência. O ambiente político tenso atrapalha encaminhamento de qualquer proposta", completou, ao fim da reunião.

Recuperação dos Estados

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), disse que o ministro da Economia prometeu apresentar um plano de recuperação fiscal para os Estados nos próximos 30 dias. Após a reunião extraordinária do Fórum dos Governadores, o governador do Rio Grande do Sul destacou que o chamado "Plano Mansueto" pode incluir a possibilidade de antecipação pela União ao Estados de receitas de privatizações de estatais estaduais.

"Se Estados colocarem ativos como garantia, pode haver uma antecipação de recursos pela União na proporção dessas privatizações que levarão ainda algum tempo para serem estruturadas", explicou Leite. "A discussão sobre a folha de pagamento demora a ter efeito, então o governo federal pode ser suporte para incentivar o ajuste no curto prazo", completou o governador gaúcho.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

presidente popular

Avaliação positiva de Bolsonaro sobe de 29% para 40%, diz Ibope

Após cair ao longo do primeiro ano de governo, a popularidade do presidente Jair Bolsonaro disparou agora em setembro, na comparação com dezembro do ano passado

218.679 pedidos

Pedidos de seguro-desemprego caem 11,6% na 1ª quinzena de setembro, diz Economia

Os pedidos de seguro-desemprego somaram 218.679 nos primeiros 15 dias de setembro

maiores altas percentuais

IRB, PetroRio e CVC são destaques do Ibovespa em dia de bom humor nos EUA

Por volta das 15h30, o principal índice de ações da B3 sobe 1,73%. IRB Brasil e CVC estão entre os três papéis que mais perderam valor na bolsa em 2020

após relatório da inflação

Retomada indica que País está acima da média de emergentes, diz Campos Neto

Presidente do BC disse que a autoridade monetária tem posição de “absoluta tranquilidade” em relação à inflação e afirmou não acreditar que a alta nos preços de alimentos neste ano possa impactar a inflação em 2021

De olho no e-commerce

Vinci Partners assina joint venture com Fulwood para desenvolver até R$ 1 bilhão em galpões logísticos

Recursos serão captados por fundo imobiliário inicialmente não negociado em bolsa; motivação é o desenvolvimento do e-commerce na pandemia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements