Menu
2019-11-08T10:04:03-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
entrevista

‘A nova Revolução Industrial não vai esperar pelo Brasil’, diz diretor do Fórum Econômico Mundial

Murat Sönmez afirma que é preciso acelerar a entrada na era da indústria 4.0: “O risco de não fazer a automação é muito maior do que fazer”

8 de novembro de 2019
8:41 - atualizado às 10:04
indústria
Imagem: Shutterstock

Diretor do Fórum Econômico Mundial, Murat Sönmez afirmou ao jornal O Estado de S. Paulo que o País precisa acelerar sua entrada na era da indústria 4.0. "O risco de não fazer a automação é muito maior do que fazer." A seguir, os principais trechos da entrevista:

Quais são os resultados do Centro para a Quarta Revolução Industrial até agora?
Temos 38 projetos em andamento. Temos um sobre drones, por exemplo, para pessoas que vivem em vilarejos distantes. Podemos usar drones para fazer entregas? Nosso primeiro piloto foi em Ruanda, onde ajudamos a criar um protocolo há 18 meses. Agora, eles têm a maior rede civil de drones do mundo. São capazes de entregar suprimentos médicos em clínicas no topo de montanhas.

O Brasil parece atrás na indústria 4.0. Como mudar isso?
Não ficar perdendo tempo com a terceira revolução industrial. Olhe para Ruanda. Normalmente, para distribuir sangue, seriam necessários estradas, sistemas de refrigeração, eletricidade. Levaria provavelmente dez anos. Com drones, eles entregam sangue em 45 minutos. Eles pularam a terceira revolução industrial. Se existe um carro disponível, e você tem carroça, você quer o carro, e não o cavalo mais rápido. Em vez de gastar bilhões em infraestrutura, pode gastar uma fração disso com melhores resultados.

Em 2018, o Fórum Econômico Mundial defendeu que o Brasil fizesse reformas estruturais para melhorar crescimento e produtividade. Houve alguma melhora nesse diagnóstico?
Essas reformas vão levar um tempo para serem implementadas. Mas a quarta revolução industrial não vai esperar. Nós temos essa urgência, que é partilhada com o governo estadual (de São Paulo) e federal.

Qual o papel da infraestrutura de 5G na nova fase industrial?
Imagine não ter congestionamento em uma cidade. E você precisa de dados em tempo real para conseguir regular o tráfego. Se você distribuísse sensores na cidade e coletasse os dados em tempo real, você reduziria o congestionamento e o uso de energia apenas usando inteligência artificial em uma rede de 5G.

Como podemos adotar a automação e evitar o desemprego?
Ninguém sabe, não há modelos. Existem previsões, mas ninguém sabe. Melhora a eficiência, mas precisa ver o que acontece com as pessoas que perderam os empregos. É por isso que é importante fazer esses programas pilotos para ver se têm escala. Se você não automatizar, as companhias irão desaparecer. As grandes vão automatizar, reduzir os empregados e ganhar mais eficiência. Mas, para as PMEs, se não adotarem essas tecnologias, elas desaparecerão. O risco de não fazer a automação é muito maior do que fazer.

*Com informações do jornal O Estado de S. Paulo e Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

INVESTINDO

Petrobras assume concessões na Foz do Amazonas após desistência da Total

Blocos estão em águas ultraprofundas, áreas consideradas prioritárias no plano de investimento da companhia

Carta de Brasília

Saneamento e Petrobras podem movimentar mercados

A votação dos vetos vem sendo prorrogada desde o dia 2 e um novo adiamento não pode ser descartado

um ano de prime no brasil

Amazon lança nova data promocional no País

Empresa diz ter uma série de lançamentos programados para as próximas semanas, mas não dá números concretos do quanto os investimentos por aqui têm rendido

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

12 notícias para começar o dia bem informado

Não é de hoje que a medicina inspira séries de TV. Plantão Médico (ou ER, em inglês), Grey’s Anatomy, House ou The Good Doctor misturam o drama dos pacientes com o dos médicos protagonistas. A medicina também traz uma trama na área de negócios que bem poderia inspirar uma série para a TV. Há um […]

de olho nas estimativas

Mercado volta a prever inflação acima de 2% em 2020

Reabertura das atividades impulsiona otimismo; expectativa para o Produto Interno Bruto (PIB) foi alterada de queda de 5,05% para 5,04%, mostra o Focus

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements