Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-18T08:01:30-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
divergências

Para Guedes, cálculo do mercado sobre economia da reforma está errado

Em entrevista à GloboNews, o ministro voltou a falar em um valor de cerca de R$ 1 trilhão, disse que o apoio de prefeitos e governadores têm sido “unânime” e insinuou que Bolsonaro o questiona sobre privatização da Petrobras

18 de abril de 2019
7:19 - atualizado às 8:01
paulo-guedes
Guedes chegou a insinuar que Bolsonaro o tem questionado sobre uma eventual privatização da Petrobras - Imagem: Valter Campanato/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse acreditar que as projeções do mercado para a economia com a reforma da Previdência em dez anos estão erradas.

Economistas estimam uma economia entre  R$ 500 a R$ 600 bilhões. Guedes, avalia que o valor seria pelo menos "substancialmente maior". Ele voltou a falar em R$ 1 trilhão.

O ministro conversou com o canal de TV a cabo GloboNews na noite de ontem, 17, e afirmou que ainda que o governo venha enfrentando problemas evidentes de articulação política, a coordenação "está melhorando".

Ele também foi questionado sobre o adiamento da votação do parecer do relator da PEC da Previdência na Comissão e Justiça da Câmara (CCJ) da Câmara. Guedes disse que a situação já foi muito pior, lembrando de quando teve que postergar sua primeira ida à CCJ.

Ele não quis comentar sobre quais pontos o governo poderá ceder - se limitou a comentar que o governo está preparado para ceder "em algumas coisas e não em outras" - e afirmou que, "aparentemente", a votação do parecer acontecerá na terça-feira, 23.

Governadores e prefeitos

O ministro da Economia afirmou ainda que, em reuniões com governadores e prefeitos, o apoio à Previdência tem sido "unânime".

No Congresso, Guedes disse crer que os parlamentares sabem que a reforma é "incontornável" e que ela irá acontecer. Mas avaliou que "eles querem se sentir parte do processo".

Guedes disse ainda que a reforma poderia ter tido uma tramitação mais rápida caso o governo tivesse apoiado a eleição de Rodrigo Maia à presidência da Câmara. "Para mim, era óbvio que teria que haver aliança centro-direita, mas política é política."

Medidas "fortes"

O ministro disse ainda que o governo já tem preparada uma série de medidas "extraordinariamente fortes" para estimular a economia. "Choque da energia barata, pacto federativo, redução e simplificação de impostos, privatizações", relatou.

Guedes falou que investidores estrangeiros estão entusiasmados para aportar recursos no Brasil e disse que a imagem ruim do do País no exterior é culpa dos governos do PT.

Sobre declarações Jair Bolsonaro que repercutiram mal no exterior, o ministro disse ainda que o presidente deve entender que suas opiniões "têm consequências". Avaliou, porém, que há quem apoie as ideias de Bolsonaro. "Quem votou no Trump e no Brexit deve ter gostado das declarações", disse.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Balanço do mês

Bitcoin, ouro e dólar se recuperam em julho, enquanto bolsa é um dos piores investimentos do mês

Fundos imobiliários também se saíram bem, depois que tributação dos seus rendimentos foi retirada da reforma do imposto de renda

próximos anos

Eletrobras aprova em conselho plano de negócios com desinvestimentos de R$ 41 milhões

Entre as medidas previstas está a avaliação de oportunidades para efetuar a gestão dos passivos provenientes de dívidas do Sistema Eletrobras

temporada de resultados

Lucro da Alpargatas, dona da marca Havaianas, cresce 228,7%, R$ 111 milhões

Receita líquida da companhia saltou 71,4% sobre igual intervalo de 2020, para R$ 1,095 bilhão, ao mesmo tempo em que os volumes registraram crescimento de 57%

seu dinheiro na sua noite

As corridas da bolsa e do dólar — e a frustração dos investidores na linha de chegada de julho

Nove em cada dez operadores do mercado financeiro juram, de pés juntos, que o último pregão do mês costuma ser positivo. Ora essas, é a data limite para o fechamento das lâminas de desempenho mensal dos fundos e das carteiras de investimento — e é claro que todo mundo quer estampar o melhor resultado possível. […]

decisão temporária

CVM suspende oferta de recebíveis que financiaria cooperativas do MST

Decisão da autarquia vale por 30 dias; CVM diz que a oferta não apresenta informações consideradas essenciais para os investidores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies