Menu
2019-06-07T18:42:32-03:00
Para dar um gás

Secretário de Infraestrutura diz que PIB cresceria 3,5% ao ano até 2029 com choque investimento

Diogo Faria afirmou que, sem esse choque, a expectativa de crescimento é de 2,1% ao ano

26 de abril de 2019
15:25 - atualizado às 18:42

Com um choque de investimentos em infraestrutura o PIB do país poderia atingir um crescimento médio de 3,5% ao ano até 2029, de acordo com o secretário de Desenvolvimento da Infraestrutura do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord de Faria. Sem isso, acrescenta ele, a expectativa de crescimento é de 2,1% ao ano.

Nesse contexto, a secretaria tem como meta elevar a relação investimentos/PIB de 1,7% para 3,8% até 2022 e subir 10 posições no pilar de infraestrutura/GCI (WEF) nesse período.

"Temos vários planos em andamento hoje no Brasil, de Logística, de Segurança, de Saneamento, etc. A intenção é consolidar tudo isso", acrescentou o secretário.

Atualmente, o país ocupa a 81ª posição no ranking GCI (WEF) de competitividade, segundo pilar da infraestrutura. A primeira colocação é ocupada por Cingapura.

De acordo com Faria, os investimentos dos últimos anos não foram suficientes nem para cobrir a depreciação dos ativos e seria preciso investir, ainda em 2019, R$ 2 bilhões em projetos de infraestrutura. A ideia é gerar 2 milhões de empregos adicionais já em 2022.

Faria participou do quarto seminário aberto "Como o novo governo enfrentará os desafios da infraestrutura no Brasil", realizado pelo MBA PPP e Concessões (MBA PPP) no auditório da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP).

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Coluna do Mioto

Investir não é para divorciadas?

Uma ouvinte do podcast Empiricus Puro Malte mandou o seguinte email após discutirmos por que os homens investem mais na Bolsa que as mulheres

pandemia no país

Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19

Nas últimas 24 horas, foram registrados 858 óbitos pela covid-19, totalizando 135.793 mortes

seu dinheiro na sua noite

A bolsa consegue se sustentar sem anabolizante?

O canadense Ben Johnson assombrou o mundo ao cruzar a linha de chegada dos 100 metros rasos com a marca de 9 segundos e 79 centésimos nas Olimpíadas de 1988, recorde mundial. A consagração durou pouco. Dias depois ele foi pego no exame antidoping e perdeu a medalha de ouro conquistada nos Jogos de Seul. […]

dinheiro para o acionista

EDP Brasil paga R$ 353,5 milhões em dividendos e juros sobre capital próprio em 23 de setembro

Do total, R$ 236 milhões serão pagos na forma de juros sobre capital próprio e R$ 117,5 milhões em dividendos

follow-on na área

Oferta de ações da Suzano detidas pelo BNDESPar pode movimentar R$ 6,1 bi sem lote adicional

Data estimada da oferta é para 2 de outubro. A princípio, serão oferecidos 125,18 milhões de papéis da Suzano; lote adicional pode levar valor a R$ 7,4 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements