Menu
2019-03-08T06:44:28-03:00
Estadão Conteúdo
Agenda econômica do governo

Paulo Guedes deverá ir ao Senado na semana que vem, diz líder do governo

O debate com os senadores deverá ocorrer na próxima quarta-feira, 13, ou na quinta-feira, 14, no plenário da Casa, de acordo com o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE)

8 de março de 2019
6:44
Paulo Guedes
Paulo Guedes - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O governo está negociando a ida do ministro da Economia, Paulo Guedes, ao Senado na semana que vem para falar sobre a agenda da equipe econômica.

O debate com os senadores deverá ocorrer na próxima quarta-feira, 13, ou na quinta-feira, 14, no plenário da Casa, de acordo com o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

A ideia é que o ministro faça uma exposição sobre a proposta de um novo pacto federativo e apresente ao Senado uma agenda além da reforma da Previdência. A reforma no sistema de aposentadorias e outros temas, no entanto, também devem ser debatidos a partir de perguntas dos senadores. Além da presença de Guedes no plenário, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) convidou o ministro para falar sobre o endividamento dos Estados no colegiado - convite ainda pendente de resposta.

Para a sessão plenária, na qual o ministro já teria confirmado presença, de acordo com o parlamentar, outra sugestão é convidar governadores e prefeitos. A programação ficará a cargo do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Mudanças

BB confirma Ieda Cagni para presidência do Conselho de Administração

Nesta quarta-feira, foi realizada a primeira reunião do novo Conselho do Banco do Brasil. Na ocasião, os membros eleitos na assembleia definiram os ocupantes dos cargos de presidente e vice-presidente do colegiado.

Seu Dinheiro na sua noite

A receita do dr. Copom: +0,75 ponto de Selic na veia

O Copom cumpriu as expectativas e aumentou a Selic ao nível de 3,5%. No entanto, o comunicado trouxe algumas surpresas

Ficou para 31 de maio

Bolsonaro veta novo adiamento de prazo para entrega do Imposto de Renda

O presidente aceitou a recomendação feita pelo Ministério da Economia, que previa um impacto negativo na arrecadação da União e estados com uma nova data

Mudança nos juros

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom

Veja o que ficou igual e o que mudou na decisão do Copom a respeito da taxa Selic, elevada ao patamar de 3,5% ao ano

CRYPTO NEWS

O mercado está cheio de bitcoin, mas as prateleiras estão vazias

O fluxo de saída da criptomoeda mais famosa das exchanges é algo inédito deste ciclo e pode representar a falta do ativo nas exchanges de cripto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies