Menu
2019-08-12T13:34:15-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
fala ministro

Não trabalhem contra o Brasil, tenham paciência, diz Guedes

Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) já aponta uma recessão técnica da economia; ministro falou durante evento do STF

12 de agosto de 2019
13:27 - atualizado às 13:34
paulo-guedes
O ministro da Economia, Paulo Guedes. - Imagem: Valter Campanato/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu nesta segunda-feira, 12, "paciência" com o governo Jair Bolsonaro. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) já aponta uma recessão técnica da economia.

"Deixem um governo liberal ter uma chance, esperem quatro anos. Não trabalhem contra o Brasil, tenham um pouco de paciência. Esperem a vez de vocês", afirmou Guedes, em debate sobre a medida provisória 881, da "Liberdade Econômica", promovido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Mais cedo, o Banco Central divulgou que após avançar 1,10% em maio (dado revisado), a economia brasileira teve nova alta em junho deste ano. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) avançou 0,30% em junho ante maio, na série com ajuste sazonal.

Foi a segunda elevação registrada no governo de Jair Bolsonaro. Em contrapartida, o mesmo indicador registrou baixa de 0,13% no acumulado do segundo trimestre de 2019, na comparação com o primeiro trimestre, pela série ajustada.

MP da Liberdade

Guedes ainda afirmou que Medida Provisória 881, da "Liberdade Econômica", é uma mudança conceitual que faz parte das reformas que o atual governo quer fazer. O texto deve ser votado na terça-feira, 13, no plenário da Câmara dos Deputados.

O ministro da Economia defendeu a MP que, segundo ele, reduz a burocracia estatal para que os empreendedores abram empresas e dá mais segurança jurídica aos negócios.

"Ninguém pode ser proibido de criar empresas, isso tem que ser permitido imediatamente. As nações que perseguiram os empresários se desintegraram economicamente", afirmou. O ministro repetiu parte do seu discurso usual e voltou a atacar a oposição, sindicatos e os governos anteriores do País.

"Os mesmos que impedem as reformas de acontecer ficam apontando para o desemprego atual. São 40 anos de desaforo, de dirigismo, atrasando o crescimento econômico", afirmou Guedes. "O sindicalismo nasceu para preservar seus próprios benefícios em regimes de mercados fechados".

Para o ministro, o que garante funcionamento das democracias é a independência entre os poderes, assim como os mercados também funcionam de forma descentralizada.

Enquanto o peronismo venceu neste fim de semana as primárias na Argentina, Guedes ainda fez uma crítica ao grupo político do país vizinho. "A Argentina já foi a sexta renda per capita do mundo e, desde o Peronismo, só afunda", considerou Guedes.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

secretário do tesouro

Pela 1ª vez, governo está fazendo esforço para construir base política, diz Mansueto

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, afirmou nesta sexta-feira, 3, que pela primeira vez o governo está fazendo um esforço para construir uma base política no Congresso, dando os primeiros passos nessa direção

Fernanda Nechio

Crédito aumenta, mas há arrefecimento nos últimos dados, diz diretora do BC

Arrefecimento do crédito em 2020 e concentração de recursos direcionados às grandes empresas foram dois dos motivos que levaram a autoridade monetária a adotar medidas voltadas para o mercado de crédito durante a pandemia do novo coronavírus

mineradora foca pequenas compras

Vale não deve fazer grandes aquisições, diz Luciano Siani

Se aquisições relevantes estão descartadas, pequenas compras podem acontecer, diz CFO da mineradora

mp 950

Isenção na conta de luz da população de baixa renda terminou no dia 30, diz MME

MME esclareceu que a Medida Provisória 950 – que ampliou o desconto nas tarifas a que a população de baixa renda tem direito para 100% até o limite de consumo de 220 kWh mensais – teve sua vigência prorrogada até 5 de agosto

número positivo

Produção da indústria eletroeletrônica cresce 15,6% em maio

A produção da indústria elétrica e eletrônica em maio cresceu mais que o dobro do volume produzido pela indústria como um todo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements