Menu
2019-05-15T13:01:27-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Otimismo no governo

Reforma da Previdência será aprovada ainda no 1º semestre deste ano, diz Onyx

Ministro da Casa Civil comentou também a sobre a polêmica envolvendo os cortes de verbas no Ministério da Educação, negando que a discussão possa atrapalhar a tramitação da reforma no Congresso

15 de maio de 2019
12:58 - atualizado às 13:01
Onyx Lorenzoni
Onyx Lorenzoni - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, está otimista e acredita que a reforma da Previdência pode ser aprovada ainda no primeiro semestre deste ano. O esforço que estamos fazendo para aprovar a Nova Previdência agora, no primeiro semestre, tem uma lógica. É a lógica de que é as pessoas vão dizer 'pô, o governo é firme, o governo merece a nossa confiança, vai dar tudo certo'", defendeu.

A expectativa é que a reforma seja aprovada até julho. Lorenzoni afirma que "é importante para o Brasil entrar no segundo semestre com essa etapa superada" devido ao número de desempregados no País, que chegam a cerca de 13 milhões. A taxa de desemprego no Brasil subiu para 12,7% no primeiro trimestre encerrado em março, de acordo com dados do IBGE.

Para Lorenzoni, os primeiros meses é o período para o governo estudar medidas de simplificação e desburocratização, mas falta previsibilidade para o mercado, que só viria com a aprovação da Nova Previdência. "O equilíbrio fiscal que se obtém com a reforma garante ao investidor que o dinheiro dele está seguro", continuou.

O ministro ainda comentou sobre a polêmica envolvendo os cortes de verbas no Ministério da Educação, negando que a discussão possa atrapalhar a tramitação da reforma no Congresso.

*Com Estadão Conteúdo

 

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Temperatura subindo

Febraban: carteira de crédito continua em expansão e deve registrar melhor índice desde 2013

As concessões de empréstimos devem apresentar crescimento de 4,7% em maio, acumulando aumento de 6,9% nos últimos 12 meses

Fim de papo

Bolsonaro se irrita com questão de frete e termina conversa na saída do Alvorada

Antes, ao ser cobrado quais as propostas para atender a categoria, Bolsonaro repetiu que o “maior problema de vocês (caminhoneiros)” é o preço dos combustíveis e os tributos

Nova realidade?

UBS prevê queda nos preços de minério de ferro e rebaixa Rio Tinto

Para os analistas, problemas com oferta no Brasil, intensificados pela pandemia, e atuação do governo chinês devem pressionar cotação do insumo

Muito além do pix

Bancos Centrais da Suíça e França testam transações com moedas digitais entre países

O experimento visa investir no mercado de empréstimos de “atacado” entre bancos, ao invés de transações públicas diárias, mas será o primeiro teste com as CBDC

COLUNA DO JOJO

Carteira Universa faz dois anos com 30 mil cotistas e ‘goleando’ o CDI; conheça

Ele é um fundo que atinge, na veia, a ideia do Felipe Miranda, que também é a minha: é possível que o varejo invista de forma praticamente idêntica à major league. O público geral não precisa ficar preso às armadilhas dos investimentos ruins.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies