Menu
2019-06-21T19:06:39-03:00
Estadão Conteúdo
OMC DÁ O RECADO

Tarifas e incertezas desaceleram comércio global, que deve crescer 2,6% em 2019

O crescimento do comércio no mundo desacelerou a 3% em 2018, após ficar em 4,6% em 2017; OMC projeta que a desaceleração continue neste ano, com crescimento no comércio global de 2,6%

5 de junho de 2019
6:53 - atualizado às 19:06
Sede da Organização Mundial do Comércio (OMC)
Sede da Organização Mundial do Comércio (OMC) - Imagem: Shutterstock

Tensões na arena comercial, com um número maior de medidas restritivas, como tarifas, e a continuidade de incertezas econômicas geram "desafios reais" para o comércio global em 2018. Com esses fatores e uma desaceleração geral na atividade econômica, o crescimento do comércio no mundo desacelerou a 3% em 2018, após ficar em 4,6% em 2017, compara a Organização Mundial de Comércio (OMC) em seu relatório anual, divulgado nesta terça-feira. A OMC projeta que a desaceleração continue neste ano, com crescimento no comércio global de 2,6%.

Para ocorrer melhora à frente, a OMC ressalta a importância de se resolver tensões comerciais e de que se crie um ambiente de maior crescimento econômico e redução da pobreza. A instituição comandada por Roberto Azevêdo aponta que o comércio global enfrenta "desafios significativos" e diz que há necessidade de se reduzir não só as tensões comerciais, mas também que questões sistêmicas e que se modernizem as regras vigentes.

O relatório é divulgado num quadro de aumento nas tensões comerciais no mundo, principalmente envolvendo os Estados Unidos e parceiros importantes do país, como a China, a União Europeia e o México. Sem citar casos específicos, Azevêdo insiste na OMC como uma entidade capaz de dar estabilidade e previsibilidade para grandes e pequenas nações comercializarem, "apoiando o crescimento, o desenvolvimento e a geração de empregos pelo mundo".

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

pandemia

Estudo aponta relação entre negacionismo de Bolsonaro e evolução da pandemia no Brasil

Segundo o levantamento, em cidades onde o presidente obteve mais de 50% dos votos no segundo turno das eleições de 2018, número de mortes foi 415% maior do que nos municípios onde ele perdeu o pleito

Insistência incomoda

Ex-presidente do BC Affonso Pastore acredita que ajuste parcial da Selic é insustentável

O economista defende o reconhecimento explícito de que a instituição perseguirá o ajuste integral da taxa básica de juros

Turbulência

Latam reduz prejuízo em 79% e anota perda de US$ 430,8 milhões no 1º trimestre

A receita operacional total da aérea foi de US$ 913,1 milhões no primeiro trimestre, queda de 61,2% sobre o mesmo período de 2020

Bitcoin popular

Goldman Sachs e Citibank anunciam novos investimentos em bitcoin

A ideia é tentar oferecer a maior variedade de serviços e evitar as oscilações, típicas e comuns no mundo das criptomoedas

Movimentação societária

CCR em disparada: por que a saída da Andrade Gutierrez do bloco de controle ajuda as ações?

As ações ON da CCR lideram os ganhos no Ibovespa após a Andrade Gutierrez receber proposta para a venda de sua fatia na companhia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies