Menu
2019-06-07T18:42:15-03:00
Estadão Conteúdo
Com vocês, o ex-presidente

“Brasil vive momento de transição perigoso”, diz FHC

Ex-presidente diz que falta ao País um foco maior no combate ao crime organizado em lugar de uma “perseguição” a usuários de drogas

29 de maio de 2019
15:43 - atualizado às 18:42
Fernando Henrique Cardoso
Imagem: shutterstock

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criticou nesta quarta-feira, 29 o que entende como uma abordagem "punitiva" do poder público diante da criminalidade no País.

Sem citar diretamente o governo do presidente Jair Bolsonaro, FHC aproveitou um debate sobre a política de drogas em vigor para dizer que "o Brasil vive um momento de transição perigoso".

"Infelizmente, no Brasil, está prevalecendo a ideia de que criminoso bom é criminoso morto", declarou FHC, em encontro organizado na capital paulista pela fundação que leva seu nome, em conjunto com o Instituto Igarapé.

De acordo com o ex-presidente tucano, falta ao País um foco maior no combate ao crime organizado em lugar de uma "perseguição" a usuários de drogas como a maconha. "A atitude punitiva que estamos tomando é contraproducente", afirmou.

FHC disse esperar que o Supremo Tribunal Federal (STF) se posicione de maneira mais "adequada" em relação a essa discussão. O tema deve entrar na pauta da Corte em junho, guiado pela expectativa de um posicionamento dos ministros a favor da descriminalização da posse de maconha.

"Dizer que quem defende a regulamentação defende o uso de drogas? Não, ninguém em sã consciência defende o uso de drogas", acrescentou o ex-presidente.

FHC dividiu a mesa com nomes como os advogados Pierpaolo Bottini e Beto Vasconcelos, além do ex-diretor da Secretaria Nacional de Políticas de Drogas do Ministério da Justiça Leon Garcia.

O debate foi mediado pela diretora-executiva do Instituto Igarapé, Illona Szabó, que chegou a ser indicada pelo ministro Sergio Moro (Justiça) para integrar o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, mas teve a nomeação revogada.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Triste marca

Brasil registra mais de 500 mil mortos por covid-19

Em 24 horas foram 2.301 óbitos e 82.288 novos casos. Em nota, Conass ressalta que o Brasil tem 2,7% da população mundial, e é responsável por 12,8% das mortes

Here comes the sun

Energia solar ruma para liderança no País até 2050

O sol será responsável por 32% da geração, ao mesmo tempo em que a participação das hidrelétricas deve cair para cerca de 30%

ESTRADA DO FUTURO

Os três setores mais lucrativos em tecnologia, e por que você deve investir neles

Integração entre softwares e Inteligência Artificial são dois dos segmentos que devem fazer parte de qualquer portfólio de investimentos vencedor

Ano de eleição

Promessas de Bolsonaro estouram “folga” do Orçamento em 2022

A ampliação do Bolsa Família e um eventual aumento de 5% nos salários do funcionalismo público já superam o espaço adicional de R$ 25 bilhões para o próximo ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies