Menu
2019-05-03T20:21:24-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Fica pra próxima

Bolsonaro desiste de ir a evento em Nova York em que seria homenageado

Homenagem ao presidente foi alvo de protestos e resistências nos Estados Unidos

3 de maio de 2019
20:58 - atualizado às 20:21
Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro - Imagem: Shutterstock

Após ser alvo de polêmica, o presidente Jair Bolsonaro desistiu de viajar a Nova York este mês para receber a homenagem de "Pessoa do Ano". O evento organizado pela Câmara de Comércio Brasil-EUA ocorreria no dia 14 de maio.

Em nota, o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, disse que Bolsonaro cancelou a ida aos Estados Unidos "em face da resistência e dos ataques deliberados do prefeito de Nova York e da pressão de grupos de interesses sobre as instituições que organizam, patrocinam e acolhem em suas instalações o evento anualmente, ficou caracterizada a ideologização da atividade".

"Em função disso, e consultados vários setores do governo, o presidente Bolsonaro decidiu pelo cancelamento da ida a essa cerimônia e da agenda prevista para Miami", disse o porta-voz.

A homenagem ao presidente foi alvo de protestos e resistências nos Estados Unidos. Primeiro, o Museu de História Natural da cidade se recusou a ser sede para o evento. Depois, Bolsonaro foi alvo de críticas pelo prefeito de Nova York, Bill de Blasio.

A Câmara de Comércio teve dificuldade em conseguir um lugar para realizar o evento, mas por fim havia reservado um espaço em um hotel da rede Marriott, próximo à Times Square.

Durante a última semana, ativistas de direitos LGBTQ passaram a pressionar empresas que patrocinam o evento a boicotar a premiação. Algumas empresas, como a Delta, decidiram deixar de patrocinar o evento devido à pressão. Uma grande manifestação é preparada para acontecer no dia do evento.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

TECNOLOGIA

Xiaomi supera Apple em venda de celulares

O levantamento também mostra que a Samsung voltou ser a líder global de vendas de smartphones, após perder a liderança do mercado para a também chinesa Huawei, que ficou no topo por um único trimestre.

BOMBOU NO SEU DINHEIRO

Melhores da Semana: O Halloween dos mercados

A segunda onda de coronavírus é um ‘fantasma’ que ronda os mercados desde o início do ano. Muita gente não acreditou. Nesta semana, ele mostrou as caras.

POLÍTICA

Bolsonaro grava para campanhas e aposta em 2º turno em RJ e SP

Presidente busca apoiar aliados para tentar formar base nos grandes colégios eleitorais para sua campanha de reeleição em 2022

responsabilização

JBS aprova em assembleia ação contra irmãos Batista

Processo diz respeito a prejuízos causados por crimes revelados nos acordos de colaboração e leniência firmados pela JBS com a Procuradoria Geral da República

em live

Se necessário, voltaremos a fazer transferência do BC para o Tesouro, diz secretário

Em agosto, CMN já havia autorizado o Banco Central a repassar R$ 325 bilhões para o Tesouro Nacional

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies