Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T13:58:54-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Agora vai?

Bolsonaro diz que bate o martelo sobre reforma da Previdência nesta quinta-feira

Em entrevista, presidente disse se pudesse não faria reforma alguma, mas que é obrigado a fazê-la, se não o país quebrará

13 de fevereiro de 2019
22:47 - atualizado às 13:58
Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro - Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro vai “bater o martelo” sobre o desenho da reforma da Previdência nesta quinta-feira, após conversar com o restante de sua equipe. O presidente, que teve alta hoje após 18 dias internado, deu entrevista à “TV Record”.

O desenho final da reforma é o evento mais aguardado pelo mercado, que assim poderá fazer contas para descobrir se o modelo proposto tem capacidade de garantir sustentabilidade fiscal ao país, estabilizando e posteriormente reduzindo uma explosiva relação dívida/PIB.

Com o conhecimento do texto, também começam a ser feitos outros cálculos, muito menos objetivos, envolvendo a articulação política necessária para se garantir os votos na Câmara e no Senado.

Entre os investidores locais e externos a percepção é de um cenário binário. Ou a reforma passa e as coisas se arrumam, ou sem reformas rumamos para o abismo fiscal.

Na entrevista, Bolsonaro disse que não gostaria de fazer uma reforma da Previdência, mas ponderou que sem essa medida o Brasil quebraria nos próximos anos.

“Gostaria de não fazer reforma nenhuma da Previdência, mas sou obrigado a fazê-la, caso contrário o Brasil quebrará em 2022 ou 2023”, disse.

O presidente não confirmou que teria fechado posição com relação à idade mínima para aposentadoria. Ontem, circularam notícias de que ele teria decidido por 57 anos para mulheres e 62 anos para os homens.

“A grande dúvida na idade é se passariam para 62 anos ou 65 anos os homens e para a mulher para 57 ou 60 anos. Isso será decidido amanhã”, disse.

Sobre a transição, o presidente disse que ser for o 57/62, haverá transição, obviamente, “para ou outro lado também, mas seria até 2030, 2032 aproximadamente”.

Ainda de acordo com o presidente, o que for proposto para os militares será colocado para os policiais militares, bombeiros e policiais civis, mas essa proposta “chegará à Câmara em um segundo tempo”. Segundo o presidente “para nós”, não depende de emenda à Constituição, mas um simples projeto de lei.

Agenda oficial do ministro da Economia, Paulo Guedes, lista reunião com o presidente das 15 horas às 16h30. Hoje, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, não garantiu que a reforma da Previdência será apresentada já próxima semana.

O vice

Perguntado sobre a desenvoltura de Hamilton Mourão no breve período de interinidade, Bolsonaro disse que ele é um colega da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), mas que ele dá umas "escorregadas" no tocante à relação com a mídia. Mourão comentou todo e qualquer assunto que fosse perguntado no período que Bolsonaro esteve internado em São Paulo. "Temos um bom diálogo e pode ter certeza que Mourão estará cada vez mais preparado para me substituir."

O presidente também comentou as notícias de que o núcleo militar do governo preferia que Mourão assumisse a Presidência no seu lugar. Segundo Bolsonaro, isso não ocorreu. Ele também disse que esse tipo de notícia é como as que tentam colocar ele contra seus filhos.

Bolsonaro cumprimenta Mourão na sua chegada a Brasília. - Imagem: Marcos Corrêa/PR

Gustavo Bebianno

Perguntado sobre as denúncias de candidaturas laranjas de seu partido, o PSL, e sobre o possível envolvimento do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, Bolsonaro disse que determinou, por intermédio do ministro da Justiça, Sérgio Moro, que o caso seja investigado pela Polícia Federal. E quem estiver envolvido e for responsabilizado .

"Se tiver envolvido e, logicamente, for responsabilizado, o destino não pode ser outro a não ser voltar às suas origens”, disse.

O presidente reafirmou que não falou com Bebianno, como foi noticiado. Nesta quarta-feira, o filho Carlos Bolsonaro abriu um áudio do presidente com o ministro, para desmentir fala de Bebiano. A ação foi bastante criticada, pois trouxe para dentro do Palácio do Planalto uma crise que era, inicialmente, do PSL. A dúvida, agora, é se Bebianno manterá o cargo de ministro.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Ajuste seu relógio

Pregão terá uma hora a mais a partir de novembro; entenda a mudança e veja a nova agenda da bolsa

As alterações começam a valer a partir do dia 8 de novembro; a B3 vai ajustar a bolsa para refletir o fim do horário de verão nos EUA

Nada de penny stock

Na Saraiva (SLED3 e SLED4), uma medida para aliviar a pressão da CVM — mas que não tira a corda do pescoço

A Saraiva (SLED3 e SLED4) quer fazer um grupamento de ações na proporção de 35 para 1, saindo da casa dos centavos — mas perdendo liquidez

Seu Dinheiro no sábado

O que esperar para os seus investimentos até 2024?

Como parte das comemorações de três anos do Seu Dinheiro, montamos um conteúdo especial para discutir o cenário de investimentos até 2024

PAPO CRIPTO #004

Bitcoin (BTC) pode chegar aos US$ 100 mil ainda este ano, tudo depende dos EUA, afirma André Franco ao Papo Cripto

As gamecoins como o Axie Infinity devem movimentar ainda mais o mercado até o final do ano

ATENÇÃO, ACIONISTA

Hapvida (HAPV3) vai recomprar até 100 milhões de ações; papéis acumulam queda de 17% no ano

A operadora de saúde anunciou hoje que dará início a um programa de recompra de papéis com duração de até 18 meses

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies