Menu
2019-06-07T18:55:44-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Liberou!

Bolsonaro assina decreto que facilita posse de arma carregada

Medida trata da regulamentação do uso de armas de fogo para os chamados CACs, que incluem caçadores, atiradores e colecionadores

7 de maio de 2019
18:15 - atualizado às 18:55
Presidente da República, Jair Bolsonaro
Imagem: Alan Santos/PR

Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira, 7, um decreto que, na prática, vai facilitar o porte de arma de fogo carregada por pessoas credenciadas.

A nova medida, que trata da regulamentação do uso de armas de fogo para os chamados CACs, que incluem caçadores, atiradores e colecionadores. Além disso, o decreto também regula a lei de registro, posse, porte e comercialização de armas e munições.

As pessoas com porte de arma terão ainda a cota anual de cartuchos de munição ampliada para mil unidades. Atualmente, o limite é de 50 cartuchos. O decreto prevê ainda que membros das Forças Armadas que tiverem estabilidade após dez anos de serviço terão o porte da arma de fogo garantidos.

Segurança pública ou direito individual?

Em discurso, o presidente afirmou que o decreto é fruto de várias discussões dentro do governo e que o processo demorou mais de 60 dias. "Havia conflitos em todas as áreas. Havia gente no nosso governo que achava que deveria seguir a orientação de governos anteriores, com o desarmamento, como se isso tivesse contribuído com a segurança", disse Bolsonaro.

Bolsonaro negou que o seu decreto seja uma política de segurança pública. Para ele, a medida assume um caráter de garantia do direito individual de quem quer ter uma arma de fogo. "Não inventamos nada e não passamos por cima da lei. E apesar de eu falar que não é uma política de segurança pública, sempre disse que ela começa dentro de casa", completou.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

decisão de hoje

Sob intensa pressão, BC deve manter Selic em 2%, mas com comunicado mais duro

Autoridade monetária comunica nesta quarta nova decisão sobre juros; diante de incerteza com contas públicas e avanço da inflação, mercado aponta chance de BC endurecer o discurso

de olho nas prévias

Carrefour Brasil tem alta 72,5% no e-commerce durante terceiro trimestre

No e-commerce alimentar a alta foi de 202,4%, incluindo o serviço de entrega rápidas. As vendas de não alimentares também continuaram crescendo, com alta de 69,1%

negócio fechado

Petrobras assina compromisso de compra da plataforma P-71 por US$ 353 milhões

Petrolífera fala que, por conta da nova alocação da P-71, a licitação de afretamento da plataforma que atenderia ao projeto de Itapu será cancelada

retomada

Financiamentos imobiliários somam recorde histórico de R$ 12,9 bilhões

Volume financiado é recorde, em termos nominais, na série histórica iniciada em julho de 1994, segundo a Abecip

cardápio de balanços

Cielo, Localiza, Smiles e Telefônica: os balanços que mexem com o mercado nesta quarta

Empresas estão entre as que mais recentemente divulgaram os números do terceiro trimestre, período com resultados ainda marcados pela pandemia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies