Menu
2019-10-14T14:25:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Nada de CPMF

Doria diz que não é a favor da criação de impostos novos no Brasil

Governador paulista considera a si próprio um liberal por convicção e formação e, por isso, disse que seu governo não cria impostos

9 de setembro de 2019
15:35 - atualizado às 14:25
Governador do estado de São Paulo, João Doria
João Doria - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse ser contra a criação de novos impostos no País, como vem sendo discutido pelo governo federal.

"Se o ministro Paulo Guedes me perguntar se sou a favor da criação de uma nova CPMF, vai ouvir um sonoro 'não'", afirmou o governador. "É um pequeno ponto de discordância em relação à equipe econômica", complementou.

Doria considera a si próprio um liberal por convicção e formação e, por isso, disse que seu governo não cria impostos. "Pelo contrário, reduzimos", disse, citando a redução do ICMS no Estado. "Sou contra guerra fiscal, pois ela traz prejuízos no longo prazo."

Bolsonaro e 2022

Doria também cobrou que o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), pare de brigar com parceiros comerciais, como França e Alemanha e desista de antecipar o processo eleitoral.

"Estamos a três anos e meio de eleição. É totalmente desnecessário antecipar o debate eleitoral. Temos que cuidar de gestão, não de eleição", disse Doria no Fórum Exame 2019.

Doria afirmou ainda esperar que a reforma da Previdência seja aprovada com a inclusão de estados e municípios. O governador afirmou que não é justo pedir a prefeitos que façam uma reforma em ano eleitoral e, por isso, disse que é necessário celeridade e apoio dos deputados à PEC paralela que tramita no Senado e que inclui os entes regionais nas mudanças previdenciárias.

O governador de São Paulo afirmou ainda que espera, após a aprovação da reforma da previdência, que as mudanças tributárias sejam aprovadas. Doria elogiou a atuação do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e disse acreditar que o Congresso continuará a ser protagonista de reformas.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Fundos de investimento

Ney Miyamoto deixa equipe de gestão da Alaska

Fundador e um dos executivos mais experientes da equipe da Alaska, Miyamoto permanece como sócio e investidor dos fundos da casa

Vai pedir música no Fantástico

CVM abre terceiro processo administrativo desde início da crise na Petrobras

O sistema da CVM não indica a apuração de eventuais operações atípicas com papéis da petroleira no período recente.

No banco de reservas

Brasil deixa time das 10 maiores economias

O País deverá fechar o ano como a 12ª maior economia em termos de valor do PIB, ultrapassado por Canadá, Coreia do Sul e Rússia.

Mercado de capitais

CVM libera bancos para fazerem empréstimos “travestidos” de debêntures

Financiamento via debêntures conta com algumas vantagens em relação ao empréstimo tradicional, como a alíquota zero de IOF

Crise

Venda de veículos cai 16,7% e tem pior fevereiro em 3 anos, diz Fenabrave

Desde 2018, quando foram vendidos 156,9 mil veículos no segundo mês do ano, o setor não tinha um fevereiro tão fraco.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies