Menu
2019-06-28T15:09:47-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Desacelerou?

Lançamentos de imóveis caem 35,2% em abril, diz Abrainc; vendas fiam estáveis

No acumulado dos primeiros quatro meses do ano, os lançamentos totalizaram 20.652 unidades, expansão de 11,7% na comparação com 2018

28 de junho de 2019
15:09
Imóveis
Imagem: Shutterstock

O mercado imobiliário mostrou uma atividade mais fraca no mês de abril, com queda nos lançamentos e estabilidade nas vendas, interrompendo a sequência de alta vista nos meses anteriores, de acordo com pesquisa da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Os lançamentos consolidados somaram 2.471 unidades em abril, recuo de 35,2% em comparação com o mesmo mês do ano passado.

No acumulado dos primeiros quatro meses do ano, os lançamentos totalizaram 20.652 unidades, expansão de 11,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

No mês de abril, todos os segmentos diminuíram a oferta de novos projetos. Os lançamentos do Minha Casa Minha Vida (MCMV) foram de 1.188 unidades, recuo de 38,1%, enquanto no setor de médio e alto padrão chegaram a 1.283 unidades, baixa de 12,0%.

Vendas líquidas

As vendas líquidas consolidadas (já descontados os distratos) em abril atingiram 6.415 unidades, resultado 0,2% superior ao do mesmo mês do ano passado.

No acumulado dos primeiros quatro meses de 2019, as vendas totalizaram 28.673 unidades, alta de 12,2%.

No mês de abril, as vendas de casas do Minha Casa Minha Vida caíram 4,3%, para 4.332 unidades, enquanto as vendas de moradias de médio e alto padrão subiram 3,3%, para 1.966 unidades.

Distratos e estoques

Os distratos consolidados somaram 1.737 unidades em abril, recuo de 33,6%. O volume de distratos foi equivalente a 21,3% das vendas totais no mês.

O estoque totalizou 121.390 unidades em abril, alta de 6,4%. Considerando o ritmo atual de vendas, seriam precisos 15,2 meses para liquidar esse estoque.

O levantamento da Abrainc engloba dados de 20 empresas associadas, com atuação em diversos Estados, mas concentrados na Região Sudeste.

Os dados consolidados se referem a empreendimentos novos dos segmentos residenciais (Minha Casa Minha Vida e médio e alto padrão), comerciais e loteamentos.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Após vacinação e apoio fiscal

Economia dos EUA está “em ponto de inflexão” positivo, diz Powell, do Fed

Economia norte-americana está prestes a começar a crescer muito mais rapidamente, afirmou presidente do banco central norte-americano em entrevista

nos estados unidos

Remuneração de CEOs cresceu em meio à pandemia

Recuperação do mercado de ações impulsionou ganhos de executivos em 2020, que tiveram remuneração média de US$ 13,7 mi no período

Após estremecimentos

China quer parceria estratégia com Brasil, diz chanceler asiático

Chanceler chinês, Wang Yi, falou com o novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França.

entrevista

Bittar reafirma que Guedes sabia de acordo para destinar verba a emendas

Apontado como um dos artífices da “maquiagem” no Orçamento, o senador Marcio Bittar diz que não chegou sozinho ao valor de R$ 29 bilhões em emendas

Apesar da pandemia

Saúde perde espaço em emendas parlamentares

Números mostram estratégia dos parlamentares para destinar recursos para obras e projetos de interesse eleitoral em seus redutos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies