Menu
2019-10-14T10:44:11-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
marcha lenta

Atividade cresce menos que o previsto em agosto

Índice de Atividade do Banco Central, IBC-Br, sobe 0,07% em agosto. Atividade claudicante e inflação rastejando abaixo das metas reforça cenário de corte da Selic

14 de outubro de 2019
9:35 - atualizado às 10:44
Setas-abaixo-acima
Imagem: Shutterstock

Depois de breve retração em julho, a economia tem breve reação em agosto na métrica do Banco Central (BC). Mas nada que empolgue ou tenha impacto sobre as expectativas do mercado de que há espaço para novos cortes na Selic.

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central, o IBC-Br, apontou alta de 0,07% na comparação com julho, que teve o dado revisado de queda de 0,16% para 0,07%. As estimativas estavam ao redor de 0,2%. Em função das constantes revisões, a leitura em 12 meses é mais estável e mostra crescimento de 0,87%. No ano até agosto, o IBC-Br tem variação positiva de 0,66%. Sobre agosto do ano passado, há retração de 0,73%.

Atividade claudicante e inflação rastejando abaixo das metas leva o mercado a uma corrida para ver quem projeta a Selic mais baixa. A mediana do mercado, captada pelo Focus, está em 4,75%, mas já temos casas de análise trabalhando com juro em 4%. Mais relevante que isso, é a avaliação de que esse juro de 4,75% pode perdurar por todo o ano de 2020.

Juro baixo, com inflação nas metas é um cenário a se comemorar, mas que vai exigir cada vez mais dedicação dos investidores para rentabilizar seus recursos. Deixo umas dicas de leitura sobre investimentos com Selic nesses patamares. Há dicas para investidores conservadores e para os de perfil mais arrojado. Também deixo como sugestão o nosso e-book sobre investimentos em bolsa de valores.

Em termos reais, descontando a inflação, o juro está na casa de 1% e o mercado estima que o custo do dinheiro oscile ao redor disso até o fim de 2020. Ajuste dos juros, ou uma normalização da política monetária, apenas em 2021 com Selic de 6,5% e inflação na meta de 3,75%. Só para dar um parâmetro, quando o BC começou a reduzir a Selic de 14,25% em outubro de 2016, o juro real estava ao redor de 7%.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

mais pausas em dias úteis

Para CNC, feriados de 2020 devem causar prejuízo de quase R$ 20 bi ao comércio

CNC estima que haja uma queda de 8,4% na lucratividade do comércio a cada feriado. Os setores e regiões com maior peso da folha de pagamentos em relação ao faturamento tendem a ser mais afetados

Alívio

Ibovespa opera em alta e dólar cai a R$ 4,17, acompanhando o otimismo no exterior

A força demonstrada pelo varejo e pela indústria da China em dezembro neutraliza as preocupações com o PIB mais fraco do país. Como resultado, o Ibovespa e as bolsas globais sobem

fase 1 do acordo

Trégua comercial da China com EUA deve garantir superávit em conta corrente

Nos primeiros três trimestres de 2019, a China acumulou superávit em conta corrente de US$ 137,4 bilhões, equivalente a 1,3% de seu Produto Interno Bruto (PIB)

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta sexta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

lupa sobre os números

Superávit da balança comercial brasileira recua em 2019

Superávit diminuiu de US$ 58 bilhões em 2018 para US$ 46,7 bilhões, segundo dados da FGV

tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

14 notícias para você começar o dia bem informado

Hoje eu destaco a reportagem da Julia Wiltgen, que conversou com os gestores do fundo multimercado de maior rentabilidade em 2019.  Lá fora, as bolsas americanas tiveram novo recorde. Entre as empresas, destaque para a dona do Google, que virou um negócio trilionário, e a Bombardier, que teve o pior pregão da sua história na […]

para ficar atento

MP vê ‘brecha’ de dados do Cadastro Positivo

MP do Distrito Federal instaurou inquérito sobre uma possível vulnerabilidade de dados causada pelo birô de crédito do Boa Vista

defesa da categoria

‘Frete é paliativo; pauta é redução do preço do diesel’, diz presidente de associação

Para Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores, caminhoneiros precisam estar sob o mesmo guarda-chuva, com alíquotas iguais

No radar dos criminosos

Em alta, carne e até boi vivo são alvo do crime organizado

Com o aumento das exportações para a China, a oferta de carne no Brasil diminuiu e os preços subiram. A alta acumulada em 2019 foi de 32,4%

histórico

Dona do Google chega a US$ 1 trilhão em valor de mercado

Empresa se tornou a quarta companhia do mundo a atingir a marca, ao lado de Apple, Amazon e Microsoft

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements