Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-14T09:19:50-03:00
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
Esquenta dos Mercados

No cardápio do dia: Fala de Powell e Livro Bege são prato principal e prévia do PIB Brasileiro acompanha

Além disso, reunião dos representantes do governo deve dar novo tom aos negócios, preocupados com a crise política

14 de julho de 2021
8:00 - atualizado às 9:19
Churrasco carne
Imagem: Shutterstock

Qualquer rodízio no Brasil é de dar pavor nos chefes de cozinha mais conservadores. Misturar sushi com churrasco, salada, maionese e risoto pode parecer uma mistura, no mínimo, inusitada. Mas esse é o cardápio para o investidor no pregão desta quarta-feira (14): uma mistura de diversos assuntos a serem bem mastigados e digeridos.

De entrada, começamos com os balanços de grandes instituições financeiras nos Estados Unidos. Ao longo da manhã, Black Rock e Bank of America (BofA) devem divulgar seus resultados do segundo trimestre deste ano (confira mais abaixo).

Os investidores internacionais seguem com indigestão, após os dados de inflação dos EUA virem mais salgados do que o esperado. Para hoje, o índice de preços ao produtor (PPI, em inglês) deve temperar as negociações. 

O filé mignon desta refeição deve vir mais para tarde, com o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, discursando na Câmara dos Representantes e acalmar os ânimos antes da divulgação do Livro Bege, às 15h.

Cenário local

Já no cardápio nacional, o cheiro de fumaça pode ser queimado ou defumado. Está marcada para hoje a reunião dos representantes dos três poderes. Os presidentes Jair Bolsonaro, da República, Luiz Fux, do STF, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), do Senado e Arthur Lira (PP-AL), da Câmara, devem se encontrar para debater sobre a relação entre os poderes. 

O Palácio do Planalto tem sofrido duras críticas após as falas do presidente da República sobre não realizar eleições sem voto impresso e insinuar possíveis rupturas democráticas. Somado a isso, Bolsonaro ainda atacou ministros do STF e desmereceu os trabalhos da CPI da Covid. 

Tudo isso somado, ainda teremos a prévia do PIB, medida pelo IBC-Br, que deve ser divulgado ainda de manhã, com o IBC-Br de maio. O indicador é considerado uma prévia do PIB, que, segundo projeções do Broadcast, deve avançar 1,05% no mês na mediana das expectativas. Na base anual, a mediana fica em 15,80%.

O Ibovespa deve sentir ainda o comentário do Secretário especial de Fazenda, Bruno Funchal, e do secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida, sobre parâmetros macroeconômicos, como PIB e inflação. 

Por fim, a reverberação da reforma do Imposto de Renda deve seguir pressionando o índice brasileiro. A proposta parecia amarga no começo, mas foi retemperada e rebalanceada e fez a bolsa brasileira avançar no pregão de ontem e voltar aos 128 mil pontos. Confira as principais mudanças da proposta clicando aqui

Confira o que mais deve movimentar a bolsa hoje:

Powell, o salvador

A inflação dos Estados Unidos veio acima das projeções do mercado e assustou os investidores no pregão de ontem. O CPI dos EUA avançou 0,9%, frente ass expectativas de 0,5%, acumulando alta de 5,4% no ano. 

Quem pode ajudar a melhorar os negócios na tarde de hoje é o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell. Ele deve discursar sobre medidas para conter a inflação no país por volta das 13h, duas horas antes da divulgação do Livro Bege, que trará novas perspectivas para a economia dos EUA. 

Além disso, hoje devem ser divulgados dados da inflação ao produtor, além dos balanços de grandes empresas e instituições financeiras, como BlackRock, Wells Fargo, Bank of America e Citigroup. 

Bolsas pelo mundo

Os dados inflacionários desanimaram os índices pelo mundo, o que motivou o fechamento em baixa no pregão da Ásia. As principais bolsas da região sentiram o avanço do CPi dos EUA e seguiram com cautela antes da divulgação dos dados do varejo chinês.

A europa deve seguir o mesmo caminho. Após a abertura, os principais índices do Velho Continente projetam um aperto monetário após os dados de inflação dos EUA. A fala de Powell e os balanços de hoje devem influenciar as negociações da região.

E após o susto com a alta de preços, os futuros de Nova York operam de maneira mista, antes da divulgação de maiores dados sobre a economia dos EUA. 

Agenda do dia

  • Economia: IBC-Br de maio (9h)
  • Estados Unidos: Departamento de trabalho divulga PPI e Núcleo do PPI, o índice de preços ao produtor na sigla em inglês (9h30)
  • Banco Central: Secretário especial de Fazenda, Bruno Funchal, e secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida, comentam a grade de parâmetros macroeconômicos com estimativas sobre o PIB e inflação (10h)
  • Ipea: Divulgação de estudo sobre inflação por faixa de renda (10h)
  • Jair Bolsonaro: Presidente da República se reúne com presidentes do STF, Luiz Fux, do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), para debater relação entre os poderes (11h)
  • Ministério da Economia: Ministro Paulo Guedes participa de live do Valor (11h)
  • Estados Unidos: Presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, apresenta relatório sobre política monetária na Câmara dos Representantes (13h)
  • Estados Unidos: Divulgação do Livro Bege (15h)

Balanços

  • Estados Unidos: BlackRock (antes da abertura)
  • Estados Unidos: Wells Fargo (antes da abertura)
  • Estados Unidos: Bank of America (7h45)
  • Estados Unidos: Citigroup (9h)
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Garantindo a oferta

Crescem ofertas de ações com reserva antecipada

As ancoragens normalmente conseguem atrair mais investidores, numa espécie de chancela prévia, com potencial impacto positivo no preço da ação.

alto escalão

Fleury: CFO Fernando Leão renuncia ao cargo e será substituído por José Filippo

O Fleury informou que os dois executivos trabalharão juntos em um processo de transição estruturado que se terminará em dia 31 de agosto.

brumadinho

Sindicato recorre e indenização da Vale pode chegar a R$ 3 mi a cada morto em MG

Em nota, a Vale reiterou que está comprometida em indenizar as famílias das vítimas da tragédia de Brumadinho de “forma rápida e responsável”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies