Menu
2021-03-25T15:23:07-03:00
Estadão Conteúdo
Luz no fim do túnel?

IBC-Br continua se comportando em formato de ‘V’ e surpreendendo, diz BC

Ainda assim, o BC revisou para baixo sua projeção para o crescimento em 2021 devido aos efeitos da pandemia de covid-19.

25 de março de 2021
15:23
Banco Central do Brasil
Banco Central do Brasil - Imagem: Shutterstock

O diretor de Política Econômica do Banco Central, Fabio Kanczuk, avaliou nesta quinta-feira, 25, que o movimento de recuperação da economia nos últimos meses não perdeu força, e continuou se comportando em forma de "V". Ainda assim, ele explicou que o BC revisou para baixo sua projeção para o crescimento em 2021 devido aos efeitos da pandemia de covid-19.

Leia também:

"O PIB nos últimos meses foi mais forte do que o BC e o próprio mercado esperavam. São números que surpreenderam para cima", destacou o diretor.

Ele citou que o setor de serviços perdeu um pouco de força, assim como o comércio varejista, cujos resultados estavam bem acima do nível pré-pandemia. "A grande surpresa está na indústria de transformação, em parte relacionada aos estoques e em parte à demanda", completou.

Em meio às incertezas sobre os impactos da segunda onda da pandemia de covid-19 sobre a economia brasileira, a expectativa do BC para a economia este ano passou de alta de 3,8% para avanço de 3,6%. A nova estimativa consta no Relatório Trimestral de Inflação (RTI), divulgado nesta quinta-feira.

"Apesar do carregamento de 2020 ter sido maior, revisamos para baixo nossa projeção devido ao recrudescimento da pandemia de covid-19", explicou o diretor.

Kanczuk destacou que o BC enxerga uma recuperação mais robusta no segundo semestre de 2021, graças à disseminação da vacinação.

Confiança do consumidor

O diretor de Política Econômica do Banco Central salientou ainda que a diferença na confiança dos consumidores de acordo com as suas faixas de renda está maior do que o histórico. Segundo ele, as classes mais baixas têm sofrido mais os efeitos da pandemia de covid-19.

"A confiança dos consumidores permanece em patamar baixo e é menor na faixa de renda mais baixa, possivelmente influenciada pelo desempenho do mercado de trabalho informal, a cesta de inflação e a redução das medidas de transferência no fim do ano", destacou Kanczuk.

Commodities

O diretor de Política Econômica do Banco Central afirmou que os preços de commodities continuaram a subir e em ritmo mais forte que o observado no trimestre anterior.

Segundo ele, a maioria dos preços de commodities (em dólar) está acima do nível pré-pandemia e abaixo do máximo da série histórica. Além disso, o prêmio do preço doméstico da soja em relação ao preço internacional medido em reais diminuiu.

"Normalmente o preço doméstico converge para o preço internacional, mas dessa vez foi diferente", completou o diretor.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

IR 2021

De imóveis e carros a joias e obras de arte: como declarar seus bens no imposto de renda

Bens não são tributados, mas também precisam ser informados na declaração; saiba quais bens você precisa declarar e aprenda as regras para informar qualquer um deles

pandemia

Covid-19: número de mortes sobe para 361,8 mil no Brasil

Nas últimas 24 horas, foram registradas mais 3.459 mortes no país

seu dinheiro na sua noite

Petróleo, minério e tudo que há de bom

Entre o fantasma do Orçamento com pedaladas, a besta da PEC “fura-teto”, o gigante da CPI da Covid e o monstro da pandemia, o Ibovespa conseguiu hoje engatar a terceira alta seguida e fechar acima dos simbólicos 120 mil pontos, marca que o índice não via desde fevereiro. Mas como pode? Bem, mais uma vez […]

hoje não

Hering rejeita proposta da Arezzo para potencial fusão

Segundo a Cia. Hering, a proposta “não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria companhia”

Polêmica na privatização

CVM vai investigar CEEE por suposta omissão na divulgação de informações

A autarquia começará a apuração de uma denúncia de omissão de fatos relevantes sobre a privatização da estatal gaúcha

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies