Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-14T14:11:23-03:00
Estadão Conteúdo
Pagando as contas

Tesouro diz que União honrou R$ 633,71 milhões em dívidas de GO, MG, RJ e RN em agosto

Nos primeiros oito meses de 2019, o governo federal precisou desembolsar R$ 5,252 bilhões para honrar dívidas garantidas pela União desses quatro Estados

16 de setembro de 2019
18:11 - atualizado às 14:11
Troca de dinheiro
Imagem: Shutterstock

A União bancou R$ 633,71 milhões em dívidas de governos estaduais em agosto, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 16, pelo Tesouro Nacional. O valor se refere a R$ 233,94 milhões em dívidas de Goiás, R$ 198,69 milhões em débitos não pagos por Minas Gerais, R$ 190,79 milhões em pagamentos não realizados do governo do Rio de Janeiro e ainda R$ 10,29 milhões para cobrir calotes do Rio Grande do Norte.

Nos primeiros oito meses de 2019, o governo federal precisou desembolsar R$ 5,252 bilhões para honrar dívidas garantidas pela União desses quatro Estados. O valor já supera os R$ 4,805 bilhões honrados pelo Tesouro em todo o ano de 2018.

O maior rombo em 2019 vem de Minas Gerais, cujos calotes neste ano já alcançam R$ 2,464 bilhões, seguido pelo Rio de Janeiro, com R$ 2,272 bilhões.

Embora o custo para a União com essas garantias seja crescente, o Tesouro está impedido de bloquear os repasses para os quatro Estados. No caso do Rio de Janeiro, porque o governo estadual aderiu ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF) dos Estados ainda em 2017.

Nos casos de Minas Gerais, Goiás e Rio Grande do Norte, porque os governos estaduais conseguiram decisões judiciais que impedem a execução das contragarantias pela União nessas operações.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

O tal do "tapering"

Fed mantém juros e, sem data definida, aponta início do processo de redução de estímulos em breve

O momento ideal para que o Fed comece a pisar no freio com as compras de ativos é o grande debate entre dirigentes e investidores nos últimos três encontros do grupo

caiu demais?

Americanas (AMER3) pode dobrar de valor, diz BB, que vê empresa menos endividada

Banco estabeleceu preço-alvo de R$ 75,30 para os papéis, citando crescimento de vendas e ganho de margem líquida com redução da alavancagem financeira

Virou o jogo

Arezzo (ARZZ3) pode subir 30% com compra da Reserva e novas aquisições

Os analistas do banco de investimentos estão mais confiantes no potencial de lucro da empresa e elevaram também o preço-alvo dos papéis

unicórnio latino

Plataforma de venda de carros usados Kavak se torna a segunda startup mais valiosa da América Latina

Empresa foi avaliada em US$ 8,7 bilhões, após nova rodada de aportes liderada pelo fundo de venture capital General Catalyst

Oportunidades

Ditadura, crise de 2008 e tragédia do governo Dilma: nada venceu a Bolsa no longo prazo; conheça 7 ações promissoras diante da queda do Ibovespa

É tolice cair no desespero de vender ações na baixa do Ibov, afinal, histórico da Bolsa mostra que nenhuma crise venceu a bolsa no longo prazo; dito isso, o Seu Dinheiro apresenta para você oportunidades que você deve ficar de olho

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies