A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2019-05-03T11:47:11-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
R$ 1 trilhão?

Reforma da Previdência será aprovada, o problema é de que tamanho, diz líder do PP

Para o deputado Arthur Lira, neste momento, o número de parlamentares que votariam pelo projeto não é suficiente para aprovar a medida no plenário da Câmara

3 de maio de 2019
10:54 - atualizado às 11:47
img20190219123822516MED
Dep. Arthur Lira (PP - AL) - Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O líder do PP na Câmara, deputado Arthur Lira (AL), diz acreditar na aprovação da reforma da Previdência, mas, para ele, é preciso que que a proposta seja amplamente debatida.

"O problema é de que tamanho, com que prazo. Não haverá votos se continuarmos com essa especulação de prazos. Quanto mais se discutir e buscar por uma reforma minimamente consensuada, maior a chance de ter os 308 votos necessários", afirmou Lira, em entrevista à Rádio Eldorado.

O parlamentar alagoano explicou que, neste momento, o número de parlamentares que votariam pela reforma da Previdência não é suficiente para aprovar a medida no plenário da Câmara. "Hoje, não temos os 308 votos para aprovar a reforma, isso é fato", disse.

Lira também desaprova a estratégia do governo, que irá liberar recursos do pré-sal para os Estados. "O governo erra ao distribuir dinheiro do pré-sal diretamente aos governadores", disse. Segundo ele, "governadores não têm voto nem pedem voto".

Ele disse que o governo não tem mais a capacidade política de dizer 'não aceito que mude mais nada na reforma'" e que nunca acreditou na economia de R$ 1 trilhão ou mais em dez anos. "Talvez algo em torno de R$ 600 bilhões já seria positivo, e aí pode se fazer outra reforma lá na frente, quando necessário", afirmou Lira.

O deputado refutou, entretanto, que uma desidratação da reforma seja estratégia do "Centrão" para enfraquecer Bolsonaro e sua eventual candidatura à reeleição em 2022. "Não existe Centrão, isso é uma denominação da imprensa para aglutinar os partidos que não estão na base do governo", disse.

"Paulinho da Força errou ao sugerir desidratar a reforma como estratégia para enfraquecer Bolsonaro. O tempo das mídias sociais é muito mais rápido que o tempo da política real e ele já reconheceu que errou", afirmou. I deputado Paulinho (Solidariedade-SP) deu declaração neste sentido na quarta-feira, dia 1º.

"O atual governo decidiu governar sem uma coalizão e isso trouxe benefícios, diminuindo concessões de parte a parte. As indicações de cargos não são mais aos partidos, mas ainda seguem políticas", finalizou Lira.

*Como Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

AUTOMÓVEIS

Tá difícil comprar carro? 10 dicas que podem ajudar a ter um zero-km (ou quase isso) na garagem

13 de agosto de 2022 - 9:55

Cenário macroeconômico não ajuda, mas há formas de aproveitar o momento e garantir um carro mais novo ou até mesmo zero

TEMPORADA DE BALANÇOS

Lucro líquido da Eletrobras (ELET3) chega a R$ 1,4 bilhão no segundo trimestre, queda de 45%

13 de agosto de 2022 - 9:00

Segundo o balanço da Eletrobras (ELET3), resultado foi impactado negativamente pela provisão para perdas em investimentos no total de R$ 890 milhões

ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: ata do Fed, dados de varejo nos EUA e inflação na zona do euro são os destaques da semana

13 de agosto de 2022 - 8:11

A ata da última reunião do Fed é o principal dado da agenda econômica; a inflação ao consumidor (CPI) na Europa também é destaque

PAPO CRIPTO #025

Vai, Brasil! Mercado brasileiro de criptomoedas é o 11º maior do mundo — e diretor de associação aposta em tokenização; entenda

13 de agosto de 2022 - 7:30

Bernardo Srur, diretor da ABCripto, associação criada para fomentar os negócios em criptoeconomia no Brasil, é o convidado do Papo Cripto desta semana

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) sobe, mas perde o protagonismo para o ethereum (ETH); entenda

12 de agosto de 2022 - 20:29

Além de aproveitar a inflação dos EUA mais branda, o que ajudou as criptomoedas em geral, o ETH se beneficiou dos progressos na direção do The Merge

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies