⚽️ Brasil enfrenta a Coreia do Sul na próxima fase; confira os dias dos próximos jogos

Cotações por TradingView
2019-04-04T13:55:46-03:00
Estadão Conteúdo
Parcerias com a iniciativa privada

Ministro Santos Cruz, da Secretaria de Governo, quer priorizar novos projetos no chamado “PPI”

Pasta comandada pelo general deve ser uma das mais fortes do Planalto, gerenciando também a Comunicação e as emendas parlamentares

2 de janeiro de 2019
20:15 - atualizado às 13:55
Ilustração-Planalto
Projetos de parceria em investimentos serão o foco da nova Secretaria de GovernoImagem: Pomb

O novo ministro da Secretaria de Governo, general Carlos Alberto dos Santos Cruz, disse nesta quarta-feira, 2, que pretende ampliar a oferta de projetos de transporte, mobilidade e logística no programa de Programa de Parcerias e Investimentos (PPI).

"O PPI é um programa que tem capacidade técnica muito boa, uma história de resultados excelente nos últimos trinta meses, confiabilidade, e nós vamos incrementar, adicionando novos projetos na lista de ofertas ao investidor privado. De imediato pretendo pedir à equipe técnica para selecionar o que é estratégico para o País, dar um trato técnico para engrossar esse bolo de ofertas", disse o ministro, ao participar da transmissão de cargo no Ministério da Defesa, em evento no Clube do Exército.

No governo Bolsonaro, a pasta de Santos Cruz deve ser uma das mais fortes do Palácio do Planalto, gerenciando também a Secretaria de Comunicação Social e as emendas parlamentares.

O ministro disse que ainda aguarda orientações do presidente sobre como tratar da liberação do empenho e pagamento das emendas e com que critérios na estratégia de aprovação da reforma da Previdência. Historicamente, as emendas têm sido usadas pelo Planalto como forma de agradar a parlamentares e vinculadas à votação de pautas no Congresso. Parte delas, porém, são de pagamento impositivo pelo governo.

"Esse assunto ainda vai receber orientação do presidente Bolsonaro. Não tenho condições de falar agora acerca da reforma", disse Santos Cruz.

O secretário de Governo disse que vai seguir as normas do orçamento impositivo e prometeu atender todos os parlamentares: "Todos serão atendidos nas suas necessidades. Tem coisas que são impositivas, não são discricionárias".

O ministro confirmou que as demissões de ocupantes de cargos comissionados começaram nesta quarta-feira, mas disse que não tem ideia de quantos serão cortados: "Não tem nada a ver com ideologia. Se você colocar ideologia fica cego para analisar qualquer assunto. É simplesmente uma questão natural de confiança e conhecimento sobre a pessoa".

Ele também afirmou que a transferência da responsabilidade da demarcação de terras indígenas da Fundação Nacional do Índio (Funai) para o Ministério da Agricultura foi por critérios técnicos. "É uma questão técnica só, não tem problema nenhum. Temos que ver o resultado. Você faz arrumações para ficar melhor", afirmou.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

SEU DINHEIRO NA COPA

Brasil segue favorito mesmo após primeira derrota na Copa; confira as seleções queridinhas das oitavas entre os apostadores

3 de dezembro de 2022 - 9:14

Já classificado, Tite escalou um time recheado de reservas que acabou perdendo de 1 x 0 para os camaroneses, que ficaram fora do mundial

Aperta o play!

Copom realiza última reunião do ano na próxima quarta (07); o que esperar para a Selic daqui para frente?

3 de dezembro de 2022 - 8:00

No podcast Touros e Ursos desta semana, falamos sobre as incertezas fiscais que cercam a decisão de juros do Copom e como investir neste cenário

FECHAMENTO DO DIA

Poeira assenta em Brasília e Ibovespa sobe quase 3% na semana; dólar cai a R$ 5,21

2 de dezembro de 2022 - 19:29

Em Nova York, no entanto, o clima foi de cautela. O payroll, o raio-X do mercado de trabalho americano e um dos dados mais importantes para o Federal Reserve na decisão de política monetária, mostrou uma força maior do que a esperada

DINHEIRO NA CONTA

Dividendos: Raízen (RAIZ4) depositará R$ 918 milhões na conta dos acionistas em 2023, mas data de corte é na próxima semana; veja quem terá direito à bolada

2 de dezembro de 2022 - 19:22

A Raia Drograsil anunciou o pagamento de proventos nesta sexta-feira (2): a farmacêutica distribuirá R$ 90 milhões na forma de JCP

TOMA LÁ, DÁ CÁ

Vai causar estrago? Europa fixa valor do barril de petróleo russo em US$ 60 e deve despertar a fúria de Putin

2 de dezembro de 2022 - 18:35

Na decisão de hoje, os europeus detalham que o limite de preço do petróleo russo será revisado regularmente e deve ser “pelo menos 5% abaixo do valor médio de mercado”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies