🔴 AÇÃO QUE JÁ DISPAROU 1.200% E AINDA ESTÁ BARATA – VEJA QUAL

Estadão Conteúdo
Ferida do governo

Membros do PSL defendem Bebianno e criticam “fritura pública” do ministro

O senador Major Olímpio, a deputada federal Joice Hasselmann e a deputada estadual Janaina Paschoal falaram sobre a crise dentro do Planalto

Estadão Conteúdo
18 de fevereiro de 2019
17:12 - atualizado às 14:22
Olímpio foi um dos quadros do partido a defenderem o ministro - Imagem: Fotos Públicas

Três dos principais quadros do PSL, o partido do presidente Jair Bolsonaro, saíram em defesa do ex-presidente da sigla e ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gustavo Bebianno, que está ameaçado de ser demitido após polêmica envolvendo candidatas laranjas da legenda na eleição do ano passado.

O senador Major Olímpio, a deputada federal Joice Hasselmann e a deputada estadual Janaina Paschoal, todos de São Paulo, participaram hoje de almoço oferecido por dirigentes da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) a representantes das bancadas paulistas do PSL no Congresso Nacional e na Assembleia Legislativa do Estado.

Um dos principais apoiadores de Bolsonaro durante a campanha presidencial, Olímpio disse a jornalistas, após o almoço, que torce pela permanência de Bebianno. "Pelo episódio em que foram colocadas eventuais prestações de contas e licitações de recursos em Pernambuco, a demissão do Bebianno seria uma coisa absolutamente injusta", afirmou.

Bebianno, que deixou a presidência do partido para assumir o cargo no governo, tornou-se figura frágil no núcleo político de Bolsonaro após vir à tona o caso de supostas candidatas laranjas do PSL em Pernambuco na eleição passada. Desde então, a demissão de Bebianno passou a ser o cenário mais provável. "De hoje não passa", disse mais cedo o vice-presidente Hamilton Mourão.

Conhecida por ter sido um das autoras do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, Janaina considera que o que foi exposto sobre o caso até o momento não aponta nenhuma ilicitude por parte de Bebianno. Ela ressaltou que ele, enquanto presidente do partido, não tem como ter controle do dinheiro que é distribuído na ponta final. "Eu atribuo esse episódio mais a uma questão pessoal do Bebianno com o presidente", disse a deputada, que será candidata a presidente da Alesp.

Para Janaina, inclusive, é "inadequado" que o presidente deixe essa situação se estender por tanto tempo. "Decidiu demitir, demite, pra gerar um pouco mais de estabilidade para o País", disse. "Porque (se tomar a decisão de forma rápida) não fica essa situação desconfortável para todas as partes e de insegurança para o País", disse.

Joice, uma das deputadas mais votadas no Estado, também criticou a forma como tudo tem sido conduzido e afirmou que o governo precisa ficar atento a como essa "fritura pública" será encarada por aliados no Congresso.

"Não se trata de ser contra ou a favor (de Bebianno), mas da forma como tudo foi conduzido. No Congresso e no partido há um clima de apreensão. Não se pode passar o recado a aliados de que essa fritura pública pode acontecer com qualquer pessoa", disse a deputada "Agora vamos ver como vamos colocar uma gaze úmida nessa queimadura de terceiro grau", disse.

Compartilhe

ÀS VÉSPERAS DA ELEIÇÃO

Entrada da casa própria vai sair de graça? Governo libera verba para que parlamentares quitem parte de imóveis do Casa Verde e Amarela em suas regiões

11 de setembro de 2022 - 13:04

Uma brecha na lei de criação do programa habitacional permitirá o uso de emendas parlamentares para reduzir ou quitar a entrada nos financiamentos

IMPASSE CONTINUA

Vitória do governo ameaçada? FUP vai à Justiça para anular resultado de assembleia que elegeu novo conselho da Petrobras (PETR4)

19 de agosto de 2022 - 20:20

A FUP vai centrar argumentação contra a eleição a conselheiros de dois nomes barrados pelo Comitê de Elegibilidade da estatal

A CONTRAGOSTO

Indicados pelo governo — incluindo dois nomes barrados pela Petrobras (PETR4) — são aprovados para conselho de administração da estatal

19 de agosto de 2022 - 16:22

Jônathas Castro e Ricardo Soriano foram rejeitados pelos órgãos de governança da companhia, mas eleitos hoje com os votos da União

Alguém tem que pagar...

Governo vai baixar preço do diesel e da gasolina com novo decreto, mas medida atrasará cumprimento de metas ambientais

22 de julho de 2022 - 13:08

A notícia é ruim para o meio ambiente, mas boa para os caminhoneiros: segundo o ministro de Minas e Energia o decreto provocará um queda de mais de R$ 0,10 na gasolina e no diesel

PRÉVIA DO BALANÇO

Petrobras (PETR4) registra queda na produção do segundo trimestre — veja o que atrapalhou a estatal

21 de julho de 2022 - 18:24

Considerado uma “prévia” do balanço, o relatório mostra que a petroleira produziu 2,65 milhões de barris de óleo equivalente por dia (MMboed)

SUGESTÃO REJEITADA

Governo ignora parecer da Petrobras (PETR4) e indicará dois nomes barrados pela estatal para o conselho de administração

20 de julho de 2022 - 20:00

Jônathas de Castro, secretário da Casa Civil e Ricardo Soriano de Alencar, Procurador-Geral da Fazenda Nacional, foram bloqueados por conflito de interesses

MAIS UM FIASCO?

Bolsonaro promete 50 embaixadores em reunião para falar de fraude em urnas eletrônicas, mas Estados Unidos, Japão e Reino Unido não confirmam presença

17 de julho de 2022 - 17:16

Os presidentes do STF e TSE também devem faltar ao encontro, convocado pelo presidente para discutir a nunca comprovada fraude nas eleições de 2014 e 2018

ELEIÇÕES 2022

As alianças se consolidam: Rodrigo Garcia e Tarcísio selam acordos na disputa por um lugar no segundo turno em São Paulo

8 de julho de 2022 - 11:55

Tarcísio de Freitas (Republicanos) consegue apoio de Kassab; Rodrigo Garcia (PSDB) fecha com União Brasil

DESESTATIZAÇÃO NA B3

Barrados no baile: com IPO suspenso pela justiça, Corsan e governo do RS estudam medidas para retomar privatização

7 de julho de 2022 - 19:33

Os planos da estatal de saneamento do Rio Grande do Sul foram barrados pelo Tribunal de Contas do Estado, que pede ajustes na modelagem da oferta

POLÊMICA NA ESTATAL

Caixa revela que sabia de denúncia de assédio contra Pedro Guimarães desde maio e aponta presidente interina

30 de junho de 2022 - 20:14

A Corregedoria aguardou até que o denunciante apresentasse um “conjunto de informações” suficiente para prosseguir com a investigação contra Pedro Guimarães

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar