Menu
2019-05-27T14:02:31-03:00
Estadão Conteúdo
vem aí o "Prevenir"

Economia institui programa de integridade para prevenir fraudes e desvios

De acordo com a Portaria, o programa será conduzido em convergência com as diretrizes e orientações definidas pela Controladoria-Geral da União (CGU).

27 de maio de 2019
14:00 - atualizado às 14:02
09/05/2019 Reunião com Governadores do Nordeste
O programa tem a objetivo de promover a prevenção, a detecção, a Remediação e a punição de práticas de corrupção, fraudes, irregularidades e desvios éticos e de conduta no âmbito institucional. - Imagem: Carolina Antunes/PR

O Ministério da Economia publicou no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 27, a Portaria 239, que institui o Programa de Integridade do Ministério (Prevenir). O programa tem a objetivo de promover a prevenção, a detecção, a Remediação e a punição de práticas de corrupção, fraudes, irregularidades e desvios éticos e de conduta no âmbito institucional.

A Portaria define ainda que são diretrizes do Prevenir: o comprometimento da alta administração e o envolvimento de todo o corpo funcional com a manutenção de um adequado ambiente de integridade, em todas as unidades organizacionais do Ministério; a colaboração entre as instâncias internas de integridade e apoio à governança do Ministério; a identificação e tratamento dos riscos à integridade no âmbito das unidades organizacionais do Ministério; a implementação gradual, e o monitoramento permanente, dos mecanismos de integridade no âmbito das unidades organizacionais do Ministério da Economia; e a sensibilização e a capacitação contínua de todos os colaboradores que atuam nas unidades organizacionais do Ministério da Economia em relação aos mecanismos de integridade.

A Portaria cria a Comissão Executiva do Prevenir que será composta pelos titulares da Corregedoria; Ouvidoria; Diretoria de Gestão Estratégica; Comissão de Ética; e Assessoria Especial de Controle Interno.

Essa comissão executiva terá reuniões quinzenais e poderá se reunir extraordinariamente em convocação feita com antecedência mínima de 48 horas quando houver necessidade urgente.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Fim de papo

Bolsonaro se irrita com questão de frete e termina conversa na saída do Alvorada

Antes, ao ser cobrado quais as propostas para atender a categoria, Bolsonaro repetiu que o “maior problema de vocês (caminhoneiros)” é o preço dos combustíveis e os tributos

Nova realidade?

UBS prevê queda nos preços de minério de ferro e rebaixa Rio Tinto

Para os analistas, problemas com oferta no Brasil, intensificados pela pandemia, e atuação do governo chinês devem pressionar cotação do insumo

Muito além do pix

Bancos Centrais da Suíça e França testam transações com moedas digitais entre países

O experimento visa investir no mercado de empréstimos de “atacado” entre bancos, ao invés de transações públicas diárias, mas será o primeiro teste com as CBDC

COLUNA DO JOJO

Carteira Universa faz dois anos com 30 mil cotistas e ‘goleando’ o CDI; conheça

Ele é um fundo que atinge, na veia, a ideia do Felipe Miranda, que também é a minha: é possível que o varejo invista de forma praticamente idêntica à major league. O público geral não precisa ficar preso às armadilhas dos investimentos ruins.

Empresa de cashback

Méliuz avalia nova oferta de ações apenas para grandes investidores

Empresa pode fazer uma nova oferta de esforços restritos, mas sua efetiva realização, bem como as condições, ainda não foram definidas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies