Menu
2019-10-14T14:10:13-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
caiu

Câmara derruba MP que destinaria R$ 3,5 bi à Eletrobras

Segundo a líder do governo na Casa, o Executivo pode enviar ao Congresso um projeto de lei sobre o mesmo tema com um pedido de urgência

21 de agosto de 2019
6:50 - atualizado às 14:10
Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O plenário da Câmara rejeitou a Medida Provisória 879, que prevê um aporte de R$ 3,5 bilhões na Eletrobras, e a matéria foi arquivada.

Segundo a líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), o governo já contava com um plano B para o arquivamento da proposta que prevê um aporte bilionário à Eletrobras. De acordo com ela, o Executivo pode enviar ao Congresso um projeto de lei sobre o mesmo tema com um pedido de urgência.

Apesar do acordo, os parlamentares passaram horas votando requerimentos de obstrução. No início da discussão, o líder dos Republicanos, Jhonatan de Jesus (RR), organizou um bloqueio à votação.

Ele disse que seu partido não vai votar mais nenhuma medida do governo de Jair Bolsonaro até que o governo se posicione em relação à situação de seu Estado de Roraima, em relação aos refugiados venezuelanos.

Na sequência, a obstrução foi comandada pela oposição. Mas, vencida essas etapas, a MP finalmente foi rejeitada.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

de olho na demanda

Consumo de combustíveis cai 23,8% em maio, diz Unica

Na comparação com os registros de abril, em contrapartida, o volume consumido no mês registrou uma alta de 8,14%, com 3,38 bilhões de litros

Segue o jogo

Caixa ignora crise e mantém prestação de mutuário de baixa renda

Procurada, a Caixa disse que “atua na qualidade de gestor operacional e que cumpre determinações do gestor do programa” – que é o Ministério do Desenvolvimento Regional

propostas do governo

Nova Carteira Verde e Amarela simplifica contratação

Ministério da Economia quer tirar os trabalhadores da informalidade – um contingente de 38 milhões de “invisíveis”

balanço do ano

Queda de juros e crise empurram brasileiro para aplicações no exterior

Dados do Banco Central mostram forte crescimento de aplicação de recursos em fundos e em ações em outros países desde o início do ano

Carona na "Villa XP"

Ações da JHSF sobem forte com acordo para desenvolver nova sede da XP Investimentos

Acordo entre as empresas prevê a venda de um terreno de 500 mil m2 da JHSF no Parque Catarina, no mesmo complexo onde a incorporadora desenvolve um aeroporto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements