Menu
2019-11-29T14:26:40-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Mordida injusta

Governo vai meter a mão no seu fundo hoje!

Famigerado come-cotas incide todos meses de maio e novembro sobre diversos fundos de investimento

29 de novembro de 2019
14:26
Pac Man come-cotas devorando o dinheiro dos cotistas de fundos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O investidor iniciante pode levar um susto ao conferir seus fundos de investimentos neste fim de novembro ou começo de dezembro. Dependendo da categoria, haverá uma redução de cotas. Até os mais experientes, por vezes, também se esquecem dessa famigerada figura: o come-cotas.

O come-cotas é uma antecipação no recolhimento de Imposto de Renda. Parece algo trivial, já que é difícil escapar dos impostos, mas dependendo do prazo e do tipo de investimento o impacto pode ser relevante.

Basicamente esse modelo de tributação recai sobre os fundos abertos classificados como de curto prazo e de longo prazo, o que inclui a maioria dos fundos de renda fixa, dos multimercados, além dos fundos cambiais. Os fundos de ações escapam dessa mordida.

Com a Julia Wilgten já explicou nesse texto aqui, o come-cotas pode ser visto com uma desvantagem em relação ao investimento direto por conta própria e aos fundos de previdência, que não estão sujeitos a essa forma de tributação.

O imposto é descontado mesmo que o investidor não tenha feito qualquer resgate. Se o come-cotas não existisse, esses recursos que saem do fundo prematuramente para alimentar o Leão poderiam continuar rendendo até o resgate.

O come-cotas serve para dar previsibilidade de arrecadação ao Leão, já que os fundos assim tributados não têm vencimento nem pagam rendimentos. Mas é fato que, do ponto de vista do investidor, essa forma de tributação não faz muito sentido. Afinal, se não houve efetivo resgate, também não houve realização de ganhos. De qualquer forma, não temos escolha a não ser engolir essa mordida no bolso.

Quer entender melhor o funcionamento desse imposto e saber se seus fundos serão comidos pelo Leão: Veja esse texto aqui: Como funciona o come-cotas, a tributação dos fundos de investimento

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Risco fiscal

Efeito de fatiamento da PEC emergencial seria extremamente perverso, diz secretário do Tesouro

“Se for fatiado será pior para todos. Queremos dar o auxílio aos vulneráveis, mas também precisamos de um ambiente fiscalmente organizado para que a economia melhore”, disse Bruno Funchal

Nível pré-pandemia

Governo Central tem superávit de R$ 43,219 bilhões em janeiro

Após 11 meses consecutivos de rombos causados pelos gastos de enfrentamento à pandemia, contas do Governo Central voltam a ter superávit

Pagamentos e maquininhas

Lucro do PagSeguro soma R$ 430 mi no trimestre, maior da história da companhia

Entretanto, companhia com ações negociadas na Nasdaq teve queda no lucro em 2020

o melhor do seu dinheiro

Lá vem o Leão de novo…

Estamos naquela época do ano de novo: temporada de prestação de contas ao Leão! A Receita Federal acaba de divulgar as regras de preenchimento da declaração de imposto de renda 2021, que neste ano deverá ser entregue entre 1º de março e 30 de abril. Parece que foi ontem que estávamos fazendo o exercício cívico […]

Nova fase

Conselho do Santander aprova proposta de reorganização societária com a cisão da Getnet

Em fato relevante, o banco explica que na cisão serão entregues aos acionistas do Santander Brasil, conforme aplicável, ações ordinárias ou preferenciais de emissão da Getnet ou certificados de depósito de ações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies