2022-06-13T12:23:58-03:00
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
Panorama dos gestores

Com a Selic nas alturas, é hora de esquecer a bolsa? Não para os grandes gestores, que enxergam oportunidades no mercado

Pesquisa mensal da série “Os Melhores Fundos de Investimento”, da Empiricus, mostra que gestores mudaram de posição sobre a bolsa brasileira

14 de junho de 2022
7:00 - atualizado às 12:23
bolsa-dolar-mercados
Imagem: Pexels

É verdade que 2022 não tem sido um ano fácil para quem investe em ações. Com os juros básicos da economia brasileira em alta desde março do ano passado, ficou pouco atrativo se aventurar na bolsa enquanto os títulos públicos estão pagando retornos de dois dígitos.

Mas, no que depender das principais gestoras de investimentos do País, a bolsa brasileira reserva boas oportunidades para os próximos meses.

Pelo menos é o que mostra a pesquisa mensal da série “Os Melhores Fundos de Investimento”, comandada pelo analista Bruno Mérola, da Empiricus.

No total, 42 gestoras responderam a perguntas relacionadas às perspectivas para a economia e os mercados. As respostas foram coletadas nos primeiros dias úteis de junho; participaram da pesquisa algumas casas que são referência no mercado, como SPX, Verde, Itaú Asset e Ibiuna, entre outras.

  • Quer ter acesso à série “Os Melhores Fundos de Investimento”? Clique aqui

Otimismo com a bolsa?

A pesquisa mostra uma mudança clara dos gestores em relação ao mercado acionário brasileiro. No panorama publicado no mês passado, a resposta dos gestores era mais favorável a posições vendidas na bolsa, o que significa que eles estavam apostando na queda dos papéis.

Em junho, porém, aconteceu uma “virada de mão”: os gestores passaram a vislumbrar oportunidades na bolsa.

O Legacy Capital B foi um dos fundos que obteve êxito na estratégia e encerrou maio com ganhos nas posições em bolsa. 

De acordo com a gestora, as alocações em ações renderam 0,23% no mês passado, atrás apenas das posições de “valor relativo” — a estratégia long & short, que subiu 0,39%.  

Nela, o fundo opera comprado e vendido ao mesmo tempo, para ganhar com a alta e também com a queda de um ativo.

Segundo a Legacy, na carteira de ações locais foram mantidas posições compradas em estatais e commodities. A gestora permanece vendida em setores de múltiplos mais elevados.

No total do mês passado, o Legacy Capital B rendeu 1,25% e acumula alta de 17,98% no ano até maio. 

Estratégia com dólar mudou

A pesquisa também pediu indicações aos gestores de suas posições para as moedas, em especial o dólar. O resultado apontou que os gestores estão mais comprados no real, ou seja, apostando que a divisa americana vai continuar caindo.

O Ibiuna Hedge STH conseguiu ganho de 0,27% na estratégia de moedas, com destaque para a posição vendida contra o real. O fundo rendeu 1,23% em maio.

O Seu Dinheiro vem reportando as sucessivas quedas do dólar ante o real desde o início do ano. Em 4 de abril, o dólar PTAX atingiu a mínima de 2022, quando fechou a R$ 4,62.

Veja a trajetória do dólar neste ano:

Do ponto de vista global, a pesquisa indicou que as posições compradas no dólar em relação a moedas de países desenvolvidos e de emergentes se deterioraram significativamente.

Tomando como exemplo o Vinland Macro, a estratégia em moedas teve desempenho negativo de 0,11% em maio. Segundo a gestora, houve ganhos com a posição vendida em dólar contra o real. 

Mas essa alta não foi suficiente para compensar as perdas com a posição comprada em dólar contra uma cesta de moedas composta por euro, dólar australiano e rand sul-africano.

O Vinland Macro encerrou maio com rendimento de 0,85%.

Panorama dos Gestores

Esta é a primeira reportagem da série “Panorama dos Gestores”, que o Seu Dinheiro passará a publicar mensalmente. A ideia é oferecer aos leitores um pouco da visão dos principais estrategistas do mercado financeiro.

Para isso, nos baseamos na série “Os Melhores Fundos de Investimento”, do analista da Empiricus Bruno Mérola. 

Dos fundos que o Bruno indica, selecionamos 10 para mostrar como está a rentabilidade no ano até agora.

FundoRentabilidade no ano (até 31/05)
Vista Multiestratégia46,8%
SPX Raptor35,79%
SPX Nimitz18,77%
Legacy Capital B17,98%
Vista Hedge17,5%
Vinland Macro Plus17,23%
Ibiuna Hedge STH14,06%
Kapitalo K1013,78%
Gávea Macro Plus12,44%
Absolute Vertex11,82%
CDI4,34%
Fonte: Anbima

Leia também:

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

SOB NOVA DIREÇÃO

Passou, mas não foi unânime: indicado para comandar a Petrobras (PETR4) é aprovado por comitê — confira a próxima etapa

Caio Mário Paes de Andrade é o quinto gestor da estatal no governo de Jair Bolsonaro, mas seu nome ainda não recebeu aprovação final

VAI FICA DENTRO OU FORA DESSA?

Prepara-se: Metaverso vem aí com jogos, ensino e comércio eletrônico — e deve movimentar US$ 5 trilhões

De acordo com a empresa de consultoria McKinsey, os gastos globais no metaverso podem chegar a US$ 5 trilhões até 2030. Desse total, o e-commerce é visto como o meio que oferece a maior oportunidade, com um valor de mercado previsto de US$ 2,6 trilhões.

CARREIRA DOS SONHOS

Google (GOGL34) é eleita a empresa dos sonhos dos brasileiros; Nubank (NUBR33) e Itaú (ITUB4) também estão na lista

A gigante de tecnologia se mantém na liderança como empresa dos sonhos dos brasileiros na última década; a Google é desejada principalmente entre os mais jovens

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Político pesa no Ibovespa, projeções melhores para VIIA3 e outros destaques do dia

A inflação global elevada e as apostas cada vez maiores de que o mundo deve enfrentar um cenário de recessão econômica continuam alimentando os ursos do mercado financeiro nos quatro cantos do mundo, monopolizando a atenção dos investidores.  Mesmo com um cenário marcado por uma forte aversão ao risco, os principais índices de Wall Street […]

AUMENTA O SOM

Ex-ministro Milton Ribeiro diz ter recebido ligação de Bolsonaro sobre busca e apreensão — ouça o áudio

O telefonema ocorreu em 9 de junho, antes do ex-chefe da pasta da Educação ter sido alvo da operação da Polícia Federal (PF), deflagrada na quarta-feira (22)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies