Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T14:43:35-03:00
Estadão Conteúdo
Após recorde em 2017

Fundos têm captação líquida de R$ 84,7 bilhões em 2018, queda de 68%

Multimercados, Ações e Previdência puxaram o desempenho positivo ao registrarem, juntos, uma captação líquida de R$ 94,9 bilhões

8 de janeiro de 2019
16:13 - atualizado às 14:43
Troca de dinheiro
Fundos multimercados são destaque de captação em 2018Imagem: Shutterstock

Os fundos de investimento registraram uma captação líquida de R$ 84,7 bilhões em 2018, uma queda de 68% em relação ao saldo igualmente positivo de 2017, ano de recorde histórico. A informação foi divulgada nesta terça-feira, 8, pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

Três classes de fundos foram responsáveis pelo saldo positivo: Multimercados, Ações e Previdência registraram juntos uma captação líquida de R$ 94,9 bilhões. Desse total, quase metade ficou concentrada nos Multimercados (R$ 42,9 bilhões). É o segundo ano consecutivo que essa classe bate recorde em captação. Em meio aos baixos rendimentos médios da renda fixa, os fundos da classe respectiva registraram uma saída líquida de R$ 12,3 bilhões.

Segundo comunicado da Anbima, o "resultado reforça o movimento dos investidores de maior disposição ao risco" em busca de retornos melhores "diante da perspectiva de manutenção da taxa Selic no menor patamar da história". As maiores rentabilidades médias vieram da classe ações, em que 11 dos 12 tipos de fundos geraram mais de 10% de retorno no ano passado. Entre os multimercados, o tipo Long and Short Direcional registrou a maior rentabilidade média (14,4%) da classe no ano.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

PROMESSA DESCUMPRIDA

Reforma administrativa não sai antes das eleições, admite relator da proposta na Câmara

O deputado Arthur Maia afirmou que faltou empenho do executivo para garantir que o texto fosse aprovado no Congresso

FOGUETE SEM FREIO

Boeing tropeça e SpaceX, de Elon Musk, garante mais três viagens tripuladas com a Nasa

O plano original era alternar missões com as duas empresas, mas o Starliner, foguete da Boeing, deve ficar impedido de voar até 2023

ALÍVIO NO BOLSO

Sem dizer quanto, Bolsonaro promete que Petrobras (PETR4) anunciará redução no preço dos combustíveis nesta semana

O presidente, que é um dos críticos mais ferrenhos da política de preços da estatal, afirmou que a queda deve seguir por algumas semanas

INVESTIDORES ATENTOS

4 fatos que mexem com o Ibovespa na próxima semana — incluindo Copom e IPO do Nubank

O principal índice acionário brasileiro terá um calendário cheio de eventos e dados econômicos para digerir ao longo dos próximos dias

Alívio no Orçamento

Com receita acima do esperado, Economia reduz estimativa de rombo nas contas públicas em 2022

Considerando todo o setor público, o que inclui Estados e Municípios, as novas projeções da pasta preveem até mesmo um saldo positivo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies