Menu
2019-10-14T16:00:31-03:00
Voto vencido

Fed não precisa conceder estímulo monetário adicional, diz Rosengren

Rosengren argumenta que mais estímulos, numa economia em que o mercado de trabalho já é sólido, poderão impulsionar ainda mais os preços de ativos arriscados

20 de setembro de 2019
11:39 - atualizado às 16:00
Fed banco central americano
Sede do Federal Reserve (Fed) - Imagem: Federal Reserve

O presidente da distrital do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) em Boston, Eric Rosengren, disse hoje que a política monetária do Fed já é acomodatícia e que não há necessidade de estímulos adicionais.

Na quarta-feira (18), Rosengren votou contra a decisão do Fed de cortar os juros básicos em 0,25 ponto porcentual, para a faixa de 1,75% a 2%.

Em nota divulgada nesta sexta-feira para explicar seu voto dissidente, Rosengren argumenta que mais estímulos, numa economia em que o mercado de trabalho já é sólido, poderão impulsionar ainda mais os preços de ativos arriscados e encorajar famílias e empresas a se endividar excessivamente.

"Embora haja riscos claros relacionados ao comércio e preocupações geopolíticas, reduzir juros para lidar com incertezas não ocorre sem custos", disse Rosengren.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

foco no nordeste

Desenvolvimento Regional autoriza R$ 30,7 milhões para saneamento em 17 Estados

Segundo a pasta, a maior fatia dos recursos foi destinada ao Nordeste (R$ 15,8 milhões), seguida pela região Norte (R$ 6,5 milhões)

caso das rachadinhas

Presidente do STJ decide colocar Queiroz em prisão domiciliar

O caso tramita sob segredo de Justiça. Preso desde 18 de junho, Queiroz é apontado como operador de um suposto esquema de “rachadinhas” – apropriação de salários de funcionários – no antigo gabinete do senador Flávio Bolsonaro

O dia dos mercados

Com cautela em NY, bolsa fecha em queda de 0,6% após voltar aos 100 mil pontos; dólar recua

Em sessão de volatilidade, bolsa retorna ao patamar de 100 mil, mas não consegue manter fôlego com cautela em bolsas americanas. Dólar tem leve queda e se aproxima de R$ 5,30

ALÉM DE MORTOS E FERIDOS...

Os ‘falidos’ do coronavírus: veja as empresas que quebraram na pandemia

Companhias aéreas foram as primeiras a sentir o baque, seguidas por empresas que dependem também do turismo ou de viagens corporativas. Varejistas com fraca presença no e-commerce também sofreram com a ausência de clientes.

dados do ministério da Economia

Estatais apresentaram resultado líquido de R$ 109,1 bilhões em 2019, alta de 53%

De acordo com balanço apresentado nesta quinta-feira pelo Ministério da Economia, isso representa um aumento de 53% em relação ao lucro de 2018 e é o maior valor desde 2008

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements