🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-06-15T16:29:57-03:00
Carolina Gama
CUIDADO PARA NÃO SE QUEIMAR

Pula fogueira, iáiá! Fed dá salto maior e sobe juros em 0,75 pp para apagar incêndio da inflação — a maior alta desde 1994

Em maio, o índice de preços ao consumidor norte-americano (CPI, na sigla em inglês) subiu 1% em base mensal e 8,6% em termos anuais, no maior avanço desde 1981

15 de junho de 2022
15:04 - atualizado às 16:29
Montagem mostra o presidente do Fed, Jerome Powell, pulando uma fogueira em um cenário de festa junina
O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Jerome Powell - Imagem: Shutterstock/Montagem: Brenda Silva

Olha a cobra! É mentira! Olha a inflação! É verdade! O Federal Reserve (Fed) deu um salto ainda maior na fogueira da inflação e elevou nesta quarta-feira (15) a taxa de juros em 0,75 ponto porcentual (pp), para a faixa entre 1,50% a 1,75% ao ano — a maior alta desde 1994.

O aperto monetário mais agressivo é uma tentativa do banco central norte-americano de apagar o incêndio dos preços altos, que não ainda não deu sinais de trégua. 

Muito pelo contrário. Em maio, o índice de preços ao consumidor norte-americano (CPI, na sigla em inglês) subiu 1%, de 0,3% em abril. Em base anual, o CPI teve alta de 8,6%. Este foi o maior avanço desde 1981. 

Com as labaredas nessa altura, 95% do mercado esperava uma alta de 0,75 pp na reunião de hoje — acima dos 0,50 pp que o próprio Fed vinha telegrafando até então. 

Mesmo com uma elevação deste calibre, a reação do mercado norte-americano segue positiva. O Dow Jones, o Nasdaq e o S&P 500 manteve os ganhos assim que a decisão foi anunciada. 

O caminho da roça do Fed

No comunicado com a decisão, que não foi unânime, o comitê de política monetária (Fomc, na sigla em inglês) reafirmou o forte compromisso em devolver a inflação para a meta de 2%.

Segundo o Fomc, a inflação permanece elevada, refletindo desequilíbrios de oferta e demanda relacionados à pandemia, preços mais altos de energia e pressões mais amplas sobre os preços.

O documento atribuiu à guerra entre Rússia e Ucrânia e ao ressurgimento da covid-19 na China uma pressão ascendente adicional sobre a inflação e de queda sobre a atividade econômica global.

A ponte quebrou! O Fed vai consertar?

Os membros do comitê de política monetária do Fed indicaram um caminho muito mais forte de aumento da taxa de juros à frente para tentar segurar a inflação.

De acordo com o dot plot — o gráfico de pontos que traz as expectativas individuais dos membros do comitê —, a taxa de juros terminará o ano em 3,4%, uma revisão para cima de 1,5 ponto percentual em relação à estimativa de março.

O comitê então vê a taxa subindo para 3,8% em 2023, um ponto percentual mais alto. Confira baixo o gráfico de pontos do Fed de junho:

Olha a chuva! Não passou!

A reunião de política monetária de hoje não estava sendo aguardada apenas pelo grau da elevação da taxa de juros em si. 

O encontro de junho vem acompanhado das projeções econômicas do Fed para este ano e os próximos — e, ao que tudo indica, a chuva (ou seria tempestade?) por que passa a economia dos EUA não vai passar tão cedo. 

Para se ter uma ideia, o banco central norte-americano passou a prever um crescimento de 1,7% este ano ante 2,8% estimados em março. 

Além disso, a inflação deve alcançar 5,2% ao final de 2022 ante 4,3% projetados anteriormente. 

Confira abaixo a mediana de outras previsões feitas pelo Federal Reserve:

PIB dos EUA

  • 2023: +1,7%, de 2,2% previstos em março
  • 2024: +1,9%, de 2,0% previstos em março

Inflação medida pelo PCE

  • 2023: +2,6%, de +2,7% previstos em março
  • 2024: +2,2%, de +2,3% previstos em março

Taxa de desemprego

  • 2023: +3,7%, de 3,5% previstos em março
  • 2024: +4,1%, de 3,6% previstos em março

Preparar para a despedida

Depois da decisão de política monetária, o presidente do Fed, Jerome Powell, concedeu uma coletiva de imprensa para explicar os motivos que levaram o comitê a decidir pelo aumento de 0,75 pp da taxa de juros.

Powell mandou um recado direto sobre os planos do banco central norte-americano para a inflação: o fracasso não é uma opção.

Segundo ele, o Fed tem a obrigação de devolver a inflação para a meta de 2% e isso significa que novos aumentos da taxa de juros estão no caminho.

A boa notícia para o mercado é que a autoridade monetária ainda trabalha com altas entre 0,50 pp e 0,75 pp — e não de 1 pp como alguns passaram a especular diante do galope da inflação nos EUA.

Na coletiva, Powell também disse que a intenção do Fed com essas elevações de juros não é provocar a recessão da economia, um temor dos investidores nas últimas semanas.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

FII DO MÊS

Fundos de papel retornam ao topo da preferência dos analistas; veja quais são os FIIs favoritos para julho

6 de julho de 2022

Em meio ao temor de recessão global, as corretoras consultadas pelo Seu DInheiro voltaram-se novamente para a proteção do papel

ESQUENTA DOS MERCADOS

Bolsas estrangeiras patinam à espera da ata do Fed e dos dados de desemprego nos Estados Unidos

6 de julho de 2022

Investidores preparam-se para a divulgação da ata do Fed na tentativa de prever os próximos passos da política monetária norte-americana

Especiais SD

Onde investir no 2º semestre: Renda fixa, nós gostamos de você! Com juros altos, ativos mais rentáveis do ano continuam atraentes

6 de julho de 2022

No difícil primeiro semestre de 2022, ativos de renda fixa foram os únicos a se salvarem, especialmente aqueles que se beneficiam da alta dos juros; para o resto do ano, esses investimentos permanecem interessantes, e investidor não precisa correr muito risco para ganhar dinheiro

NOITE CRIPTO

Parece, mas não vai: bitcoin segue preso ao patamar de US$ 20 mil; saiba o que está no caminho do BTC

5 de julho de 2022

Investidores devem ficar atentos à divulgação da ata da reunião do junho do Federal Reserve, prevista para amanhã — documento tem potencial para aumentar a volatilidade do mercado

AGORA É PRA VALER

Petrobras (PETR4) conclui a venda de participação na Deten Química — veja quanto entrou no caixa da estatal

5 de julho de 2022

O negócio, que tinha sido anunciado em abril, encerra a presença da petroleira na fabricante das principais matérias-primas para o segmento de limpeza doméstica e comercial no Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies