Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
Federal Reserve
Publicações
O indicado de Trump

Herman Cain diz que não pretende retirar candidatura ao conselho do Fed

Executivo sofre uma aparente falta de apoio no Senado, após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tê-lo indicado

Clima tenso no governo americano

Trump critica medidas do Fed e diz que PIB dos EUA poderia ter chegado a 4%

BC americano decidiu manter a taxa básica de juros do país na faixa de 2,25% a 2,50% ao ano em março e sugeriu que não elevará as taxas ao longo deste ano

Relações entre BC's

Presidente do Banco Central Europeu demonstra preocupação com autonomia do Fed

Mario Draghi alertou que uma possível perda de autonomia do Fed poderia afetar a credibilidade das políticas da instituição

Após críticas de Trump

Williams, do Fed de NY, diz que política econômica monetária “está no lugar certo”

Presidente da distrital do Fed em Nova York ressaltou que a perspectiva econômica dos EUA é positiva, com crescimento que deve ficar “em torno de” 2% este ano

Powell com a corda no pescoço?

Trump tem reclamado do presidente do Fed por sua condução da política monetária

Presidente americano argumenta que, se não tivessem ocorrido as altas nos juros, a produção econômica e as ações estariam melhores

CENÁRIO PARA ECONOMIA AMERICANA

Evans, do Fed, diz não prever aumento de juros até o 2º semestre de 2020

Presidente da distrital de Chicago também avaliou que a economia americana permanece em uma posição forte, mencionando uma estimativa de crescimento entre 1,75% e 2% para 2019,

Juros

Fed mantém taxa de juros e reforça que será “paciente”. Mercado reage positivamente

Banco Central americano deixa taxa entre 2,25% e 2,5% e diz que atividade segue firme, mas em ritmo menor que o visto no fim de 2018.

Mercados hoje

Montanha-russa: Ibovespa ensaia melhora com Fed, mas Previdência dos militares derruba índice

A postura do Federal Reserve trouxe alívio às negociações no meio da tarde, mas a tensão em relação à previdência dos militares pesou sobre o índice na reta final do pregão

Taxas de juros

Serenidade e paciência nas decisões do Copom e Fed

Dia reserva as decisões de política monetária no Brasil e nos EUA e foco está na comunicação

Mercados

Ainda não foi dessa vez: Ibovespa perde força no fim do pregão e fecha abaixo dos 100 mil pontos

O principal índice da bolsa brasileira passou boa parte da tarde na faixa dos 100 mil pontos, mas não conseguiu permanecer nesse nível. O dólar comercial ficou praticamente estável

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu