Menu
2019-06-17T10:07:25-03:00
Estadão Conteúdo
mais um índice

Balança comercial encerrou maio com superávit de US$ 6,3 bilhões, diz FGV/Icomex

Números foram divulgados nesta segunda-feira, 17, pela Fundação Getulio Vargas (FGV); resultado acumulado no ano foi de um superávit de US$ 22,1 bilhões.

17 de junho de 2019
10:07
Indústria de automóveis
Imagem: shutterstock

A balança comercial encerrou o mês de maio com um superávit de US$ 6,3 bilhões, segundo os dados do Indicador do Comércio Exterior (Icomex), divulgados nesta segunda-feira, 17, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O resultado acumulado no ano foi de um superávit de US$ 22,1 bilhões.

Em valor, as exportações cresceram 10% em maio de 2019 ante o mesmo mês de 2018. As importações aumentaram 12,9% no período. No acumulado do ano até maio, as exportações recuaram 0,9% em relação ao mesmo período de 2018, enquanto as importações cresceram 1,8%.

Em termos de volume, o destaque foi o crescimento de 27,5% nas exportações da indústria de transformação em maio deste ano ante o mesmo mês do ano passado. Por outro lado, houve queda nas vendas externas da agropecuária e da indústria extrativa.

"É um resultado a ser observado, pois essa melhora não se explica pelo desempenho do setor automotivo. No caso, foram exportações de bens semiduráveis e intermediários que explicam o resultado. Como observado, no caso dos bens semiduráveis, exportações de calçados e confecções e nos intermediários, o elevado aumento (próximo a 50%) se deve a uma base reduzida de exportações em maio de 2018", ponderou a FGV, em nota oficial.

As exportações para os Estados Unidos aumentaram em 72% em maio de 2019 ante maio de 2018, puxadas por óleo bruto de petróleo e semimanufaturados de ferro e aço.

As exportações para a Argentina vêm registrando recuos desde o início do ano, devido à crise econômica do país vizinho. No caso da China, as vendas mostram desaceleração ou queda desde março, informou a FGV.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

rearranjo no segmento

Dona da Farm negocia fusão com a Shoulder, de moda feminina

Empresas mantém conversa “em fase preliminar”, em um momento de rearranjo do segmento; Grupo Soma comprou recentemente a NV e a Lauf

Meme bilionário

O que está por trás da valorização de 500% do Dogecoin em uma semana?

O projeto levou várias pessoas a ficarem milionárias, mas pode fazer muita gente perder dinheiro daqui para frente

Chama o doutor

Após desconto em IPO, ações da Mater Dei estreiam em queda na B3

A situação atual do mercado e a fila de companhias de saúde prontas para abrirem o capital prejudica a rede de hospitais

mudanças na estatal

Conselho confirma general indicado por Bolsonaro para presidir Petrobras e novos diretores

Joaquim Silva e Luna assume o cargo então ocupado por Roberto Castello Branco Branco, demitido porque Bolsonaro estava insatisfeito com política de preços

Só a Vale salva

Tá difícil viver de renda: empresas cortaram R$ 38 bilhões em dividendos na pandemia

Muitas companhias optaram por distribuir menos dinheiro aos acionistas e preservar o caixa durante a crise econômica

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies