Menu
2019-11-04T14:08:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
peso da internet

Em média, 30% do faturamento das empresas do País vem do comércio digital

Segundo pesquisa da Boa Vista, para 16% das empresas, as receitas com os negócios online representam de 10% a 30% do faturamento total

4 de novembro de 2019
14:08
online compra e-commerce
Imagem: Shutterstock

Em média, 30% do faturamento das empresas do País vem do comércio digital, segundo pesquisa da Boa Vista com 430 empresários do comércio, indústria e serviços. Para a maior parte dos negócios (45%), contudo, o faturamento por meio do e-commerce representa bem menos: até 10% das receitas.

Para 16% das empresas, as receitas com os negócios online representam de 10% a 30% do faturamento total. Em 11% dos estabelecimentos, essa participação é de 30% a 50%. Para ouros 15%, equivalem a 50% a 75% do faturamento. Apenas 11% das empresas obtém mais de 75% do seu faturamento por meio do comércio eletrônico.

Do total de empresários entrevistados, 26% disseram que têm um site de vendas próprio e outros 66% afirmaram que possuem contas em redes sociais para ajudar a impulsionar as vendas dos seus negócios.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Sobre os negócios que realizam na internet, 47% disseram que realizam vendas propriamente. Outros 37% afirmaram que tanto compram, quanto vendem mercadorias, e 16% afirmaram usar as plataformas digitais para comprar insumos e matérias-primas.

A pesquisa realizada pela Boa Vista entrevistou os empresários entre agosto e setembro de 2019, com amostragem para micro, pequenas, médias e grandes empresas. Os dados têm margem de erro de 4% para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

12 notícias para você começar o dia bem informado

Enquanto acompanham o avanço do coronavírus, os investidores olham também para as novidades no mundo corporativo. Os números da Cielo vieram piores do que as expectativas, que já eram bem negativas. A JBS anunciou um negócio bilionário na China. E a união de Embraer e Boeing ganhou o aval do Cade.   O que você precisa saber hoje: […]

segundo agência

Em grave crise econômica, Venezuela avalia privatizar petróleo

Representantes do governo conversaram com diferentes empresas, diz agência; medida abandonaria décadas de monopólio estatal

O que mexe com os negócios hoje

Com coronavírus no radar, mercados ensaiam dia de recuperação

Ontem o dia foi de temor nos mercados, como reflexo da rápida disseminação do coronavírus pelo mundo. Nas primeras horas da manhã tanto as sessões europeias como os índices futuros em Wall Street ensaiavam uma recuperação

bons negócios

JBS faz acordo com empresa chinesa que deve movimentar R$ 3 bilhões

Parceria com WH Group oferecerá portfólio de produtos das marcas Friboi e Seara

agenda oficial

BNDES vai até Brasília explicar ‘caixa-preta’

Comitiva vai dar explicações sobre a auditoria de R$ 48 milhões; estudo não encontrou nenhuma irregularidade no banco

entrevista

Por que o coronavírus é mais um elemento de risco à economia, segundo este especialista

Segundo o economista-chefe da consultoria MB Associados, Sergio Vale, a doença aumenta as incertezas nos mercados; entenda

dados oficiais

Na China, número de mortes pelo coronavírus passa de 100

Autoridades de saúde da China afirmam que mais de 4 mil pessoas foram infectadas

precaução

Por receio do coronavírus, China adia reabertura do mercado de ações

Originalmente, os negócios nas bolsas de Xangai e de Shenzhen seriam retomados na sexta-feira; agora, só voltam segunda

Produtos de investimento

Na disputa com plataformas, Itaú lança fundo que segue carteira recomendada pelo banco

Fundo lançado há pouco mais de uma semana na rede já conta com R$ 500 milhões em patrimônio e permite que cliente invista em toda a carteira de recomendações em um único produto

Vítima da guerra das maquininhas

Lucro da Cielo cai pela metade em 2019 e despenca 68% no 4º trimestre

A estratégia deliberada da empresa controlada por Banco do Brasil e Bradesco é sacrificar as margens de lucro para defender a liderança do mercado de maquininhas de cartão. Os números refletem bem esse esforço, para o bem e para o mal

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements