Menu
2019-05-09T19:02:39-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Política Monetária

Banco Central terá nova diretora de Assuntos Internacionais

Roberto Campos Neto indica Fernanda Feitosa Nechio para o lugar de Tiago Berriel, que deixa o posto por razões pessoais

9 de maio de 2019
19:02
Fernanda Feitosa Nechio BC
Economista Fernanda Feitosa Nechio, indicada para diretoria de Assuntos Internacionais do Banco Central (BC) - Imagem: Reprodução

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, anunciou na noite desta quinta-feira que Tiago Berriel deixará o comando da diretoria de Assuntos Internacionais e Riscos Corporativos. A saída é atribuída a “razões pessoais”.

Para assumir o posto, Campos Neto indicou a economista Fernanda Feitosa Nechio. Fernanda é research advisor no Federal Reserve Bank de São Francisco, onde trabalha há dez anos. Ela é bacharel e mestre em Economia pela PUC-Rio e PhD em Economia pela Universidade de Princeton.

Berriel estava há três anos no cargo e chegou ao BC junto com Ilan Goldfajn, em junho de 2016. O diretor deixará suas funções após a próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), em 18 e 19 de junho, ou antes dessa data.

A mudança depende dos trâmites para Fernanda assumir sua função. A indicação terá de passar pelo crivo do Senado antes de sua nomeação pelo presidente da República. Os indicados são sabatinados pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), que vota a indicação e depois encaminha para apreciação do plenário.

Campos Neto assumiu o BC no começo de março e já contava com dois novos diretores indicados em sua gestão. João Manoel Pinho de Mello (Organização do Sistema Financeiro e Resolução) e Bruno Serra Fernandes (Política Monetária).

Com a chegada de Fernanda, o BC passa a contar com duas mulheres na diretoria colegiada, algo inédito até então. Em março de 2018, Ilan indicou Carolina de Assis Barros para a diretoria de Administração. Até sua indicação, a última mulheres a participar do Copom tinha sido Maria Celina Arraes, que ficou até 2010.

Em texto publicado no site do Fed de São Francisco, Fernanda comenta os desafios de ser uma mulher em uma profissão dominada por homens e chama sua classe a assumir a responsabilidade de aumentar a diversidade dentro da profissão.

Fernanda apresenta vasta publicação acadêmica com textos sobre política monetária, comunicação de ações de política monetária, inflação e taxas de câmbio.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

pautas do setor

Elétricas querem sinal firme da Aneel sobre reequilíbrio para proteger dívidas

Intenção das empresas é que uma menção sobre o assunto seja inserida na resolução normativa que está sendo preparada pela agência para regulamentar o decreto 10.350/2020, sobre a ajuda financeira ao setor elétrico

exile on wall street

Você pinta como eles pintam?

Cabe a cada pinto julgar o que lhe apetece.

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Correção

Ibovespa abre em leve queda, atento à cautela no exterior; dólar sobe a R$ 5,13

O Ibovespa acompanha o movimento global e exibe um ligeiro viés negativo nesta quinta-feira. A cautela vista na Europa dá forças a um movimento de correção e realização de lucros, mas que nem de longe zera os ganhos recentes

efeito coronavírus

Projeção de alta do crédito bancário em 2020 passa de 4,8% para 7,6%, diz BC

Já a projeção de crescimento do crédito livre em 2020 passou de 8,2% para 10,6%

pacote anticrise

BCE expande programa de compras emergenciais em 600 bilhões de euros

Total do Programa de Compras de Emergência na Pandemia (PEPP, na sigla em inglês) chega a 1,35 trilhão de euros

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

13 notícias para começar o dia bem informado

Hoje o Seu Dinheiro traz a lista das três ações preferidas de 14 corretoras na carteira recomendada para junho. O levantamento contempla 28 papéis. A repórter Jasmine Olga mostra ainda que duas dessas ações são as preferidas de três corretoras. São as “favoritas das favoritas”, as campeãs do mês.  A “campeã” de maio fechou o […]

pós-isolamento

Adidas informa que dois terços de suas lojas em todo mundo já reabriram

Empresa já reabriu quase todas as suas lojas na Ásia-Pacífico e nos mercados emergentes, enquanto três quartos de suas próprias lojas operam na Europa

diz boa vista

Pedidos de falência no Brasil sobem 30% em maio

No acumulado em 12 meses finalizados em maio, os pedidos de recuperação judicial cresceram 3,7%

entrevista

‘Não precisa passar as coisas de baciada’, diz presidente da Abag

Anúncio de uma página inteira nos principais jornais do País, na semana passada, de entidades do agronegócio, da indústria, da construção civil e do comércio em apoio ao ministro do Meio Ambiente não caiu bem, diz Marcello Brito

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements