Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
Ilan Goldfajn
Publicações
Plano pró-Brasil pegou mal

Brasil pode perder uma segunda década consecutiva de crescimento com medidas atuais, diz ex-BC

O ex-presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn disse em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo que o governo deve assegurar que os recursos estão chegando aos mais necessitados e que não é o momento de grandes obras públicas

ECONOMIA

Ilan Goldfajn: ‘O mais importante hoje é a persistência nas reformas’

O economista, hoje presidente do conselho do Credit Suisse, afirma estar otimista, pois vários obstáculos, como a taxa de juros elevada, já foram retirados do caminho

O mundo do juro baixo

Queda de juro torna a vida do poupador mais difícil, mas é bem-vinda, diz Ilan Goldfajn

Para o ex-presidente do Banco Central, não haverá recuperação global forte, os EUA vão desacelerar e juro ficará baixo por um bom tempo, com dólar alto. E não adianta esperar o dinheiro gringo: nós mesmos vamos ter que investir na economia real, e isso vai ser bom

cara nova no banco suíço

Ex-presidente do BC, Ilan Goldfajn vai para o Credit Suisse

Economista atuará com clientes corporativos e pessoas físicas de alta e altíssima renda da instituição; ele assume o cargo no próximo dia 16

Análise

E não é que a inflação sumiu do discurso do Banco Central?

Roberto Campos Neto usou o termo “inflação” apenas sete vezes no seu discurso. Ilan, quando chegou ao BC, falou em “inflação” 17 vezes e os contextos são bem diferentes. Isso mostra que embate CDI x Ibovespa morreu faz tempo

Política Monetária

Será que Campos Neto tira do bolso alguma indicação sobre a Selic?

Presidente do Banco Central discursa em cerimônia de transmissão de cargo e mercado, ou parte dele, espera algum aceno sobre taxa básica de juros

Política Monetária

Roberto Campos Neto toma posse como presidente do Banco Central

Em cerimônia reservada, Bolsonaro empossa novo presidente. Transmissão de cargo será no dia 13 de março

Reformas

Para presidente do BC, reforma da Previdência é “abrangente” e injustiças “estão sendo tratadas”

Ilan Goldfajn reforçou que na visão do BC, quanto maior a economia da reforma, melhor será para administrar a inflação

De saída do BC...

Para Ilan Goldfajn, é preciso cautela para baixar ainda mais a Selic

Principal preocupação do presidente do Banco Central é o desequilíbrio das contas públicas, diante da indefinição da aprovação das reformas

Juros

Estímulo monetário está adequado e crescimento depende de reformas

Em ata, Banco Central (BC) reforça cautela, serenidade e perseverança e afirma que incerteza impede retomada mais acelerada da atividade

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements