Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
Roberto Campos Neto
Publicações
Sabatina

Campos Neto: dólar só preocupa se bater na inflação e Selic cai em dezembro

Presidente BC, Roberto Campos Neto, explica que alta do dólar não influenciou expectativas de inflação, mas se isso vier a ocorrer, pode atuar de forma diferente

Não vai ter Disney

Dólar a R$ 4,20 surpreende, mas nem tanto. Olho no BC

Mercado aguarda algum aceno do Banco Central (BC), que pode vir pela mesa de operações ou na fala de Roberto Campos Neto, que participa de audiência no Senado

O futuro chegou

Presidente do BC prevê sistema de pagamentos instantâneos até fim de 2020

Presidente do BC disse ainda que o sistema de pagamentos instantâneos permitirá operações sete dias por semana, 24 horas por dia

Na Câmara

Campos Neto: plano é tirar o governo de cena e colocar o setor privado no lugar

Queda do juro longo, reflexo da credibilidade da política econômica, permite fazer uma reinvenção do Estado brasileiro com dinheiro privado

Seu dinheiro no domingo

Bancão X Fintech, um duelo que vi ao vivo

Você pode apostar comprando ou vendendo ações dos bancos e fintechs na bolsa. A batalha está longe de acabar, mas já temos o ganhador, o cliente

Na gringa

Campos Neto: O que foi prometido está sendo entregue

Em encontros no exterior, presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, passa a mensagem de que existe um plano de reinvenção do país com dinheiro privado

nos eua

Reservas são vistas como seguro e não se fala em mudar isso, diz presidente do BC

Campos Neto mencionou que o que se lê sobre os altos custos para se manter as reservas internacionais no Brasil “não é a realidade” e que nos últimos 15 anos, os custos se igualaram às receitas

Não está sendo fácil

Campos Neto destaca nos EUA choques internacionais que afetaram PIB em 2019

Apresentação do presidente do BC mostra que a projeção do mercado financeiro para o crescimento do Produto Interno Bruto em 2019 é de 0,87%

fala bc

Presidente do Banco Central explica a alta do dólar 

Em evento, Roberto Campos Neto destaca que depreciação cambial aconteceu com queda de risco e de juros longos

fim da polêmica?

Presidente do BC diz que não há estudo de mudança da remuneração na poupança

A ideia seria desatrelar a rentabilidade das cadernetas à taxa básica de juros com o argumento de que é preciso fazer com que essas contas acompanhem os indicadores usados nos financiamentos imobiliários

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements