Menu
2019-04-04T09:14:06-03:00
Estadão Conteúdo
Agenda segue

Marinho conversará com líderes para entender cronograma na CCJ

Secretário especial de Previdência e Trabalho reiterou que o Congresso é “soberano” para tratar da reforma da Previdência e que o governo defende o projeto “como um todo”

22 de março de 2019
12:07 - atualizado às 9:14
Secretário Especial da Previdência, Rogério Marinho
Secretário Especial da Previdência, Rogério Marinho - Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse à Rádio Bandeirantes do Rio Grande do Sul que vai procurar líderes da Câmara na próxima semana para tratar do cronograma da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

"Vamos na próxima semana buscar uma conversa com líderes até para entendermos cronograma da CCJ. Já na segunda-feira isso será trabalhado e na terça ou quarta-feira será anunciado à sociedade como um todo", afirmou o secretário na entrevista.

Marinho reiterou também que o Congresso é "soberano" para tratar da reforma da Previdência e que o governo defende o projeto "como um todo". "O projeto que nós encaminhamos ao Congresso é o que nós achamos como adequado, até para que o Brasil possa resgatar a possibilidade de investimento. Evidente que o Parlamento tem autonomia para fazer alterações que achar conveniente", disse.

O secretário disse também que qualquer alteração nas idades mínimas de 62 anos para mulheres e 65 para homens iria na contramão do crescimento demográfico. "Se houver uma proposta de alteração, significa um impacto fiscal que precisa ser discutido", disse.

Questionado sobre se trabalha com alguma alternativa à reforma da Previdência, Marinho foi categórico: "Eu nem concebo esta hipótese, seria uma catástrofe."

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

balanço do dia

Covid-19: casos sobem para 15,5 milhões e mortes, para 432,6 mil

O total de vidas perdidas durante a pandemia subiu para 432.628. Entre ontem e hoje, foram registradas 2.211 novas mortes.

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mudaram as estações, mas nada mudou na bolsa

Quem olha para o saldo do Ibovespa na semana pode achar que os últimos dias foram um marasmo. O índice, afinal, ficou praticamente estável — uma quase desprezível queda de 0,13%. “Mas eu sei que alguma coisa aconteceu / tá tudo assim, tão diferente”, já dizia a música. E é verdade: nada mudou na bolsa, […]

Fechamento da semana

Inflação americana e minério de ferro vivem ‘dias de luta e dias de glória’, monopolizando a semana; dólar avança e bolsa recua no período

O minério de ferro puxou Vale e siderúrgicas para cima – mas depois derrubou. A inflação americana também assustou, mas conseguiu acalmar o ânimo dos investidores. Confira tudo o que movimentou a semana

Engordando o caixa

Petrobras gera US$ 2,5 bilhões com desinvestimentos em 2021; venda mais recente é para fundo árabe

E a estatal não deve parar por aí, pois o diretor financeiro da empresa já reafirmou a intenção de continuar com o programa de venda de ativos

Em evento do BofA

Presidente do BC revela preocupação com análise de autonomia no STF e planos para PIX internacional

Campos Neto e o ministro da Economia, Paulo Guedes, têm conversado com ministros da Corte sobre os questionamento acerca do tema

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies