Menu
2019-04-05T14:48:19-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Contagem regressiva

Theresa May adia votação sobre Brexit para até 12 de março, duas semanas antes de o Reino Unido deixar a UE

Intenção é obter mais concessões da União Europeia, mas premiê corre o risco de perder apoio em seu gabinete

24 de fevereiro de 2019
15:56 - atualizado às 14:48
Theresa May, primeira-ministra do Reino Unido
Theresa May, primeira-ministra do Reino Unido - Imagem: Shutterstock

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, anunciou, neste domingo (24), que a votação no Parlamento sobre o Brexit deve ocorrer até 12 março - pouco mais de duas semanas para o fim do prazo para a saída do país da União Europeia (UE), marcada para 29 de março.

O tempo não está do lado da premiê, que pode acabar aprofundando divergências em seu gabinete com esta decisão. Três dos seus integrantes já haviam sugerido, no último sábado (23), que poderiam romper com May e apoiar emendas para atrasar o Brexit, a menos que houvesse um acordo no Parlamento nesta semana.

Mas May afirmou a repórteres neste domingo que sua equipe deve voltar a Bruxelas na terça-feira para tentar obter concessões da União Europeia.

"Como resultado disso nós não realizaremos uma votação significativa no Parlamento nesta semana. Mas garanto que ela acontecerá até 12 de março", disse a premiê.

May ainda não convenceu o Parlamento britânico a apoiar o rascunho do acordo fechado com a UE em novembro. Qualquer acordo precisa ser endossado pelo Parlamento Europeu antes do prazo. Mas May diz acreditar que o prazo será cumprido.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

esquenta dos mercados

Otimismo com vacina e preocupação com situação fiscal se chocam nos mercados

Na agenda, o destaque fica com a divulgação do IPCA-15, prévia da inflação, e dados da arrecadação federal.

AÇÕES NO BOLSO

SulAmérica vai distribuir ações a acionistas após aumentar capital social

Acionistas terão direito a 18,8 novas ações ordinárias e preferenciais para cada lote de 1 mil papéis de cada tipo

follow on

Ânima fará oferta restrita de ações que pode chegar a R$ 1,1 bilhão

Recursos levantados serão destinados a financiar parte da aquisição dos ativos do grupo americano de educação Laureate no Brasil

NÚMEROS DA PANDEMIA

Covid-19: Brasil tem 6 milhões de casos e quase 170 mil mortes

Nas últimas 24 horas foram registrados 302 óbitos e 16.207 novos diagnósticos positivos da doença

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Onde investir se a Bolsa americana estiver cara? Os grandes investidores globais já apontam para um novo caminho…

Existe um horizonte relativamente estável em que poderá haver continuidade dessa alta, mas para onde irão os recursos em um segundo momento?

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies