Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-06-21T13:02:20-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
"Mexidão" dos números

Cardápio dos balanços: Itaúsa, Cosan, Eletrobras e JBS divulgam resultados do 1º trimestre

Itaúsa, holding de investimentos que controla o Itaú Unibanco, registrou um lucro líquido de R$ 2,486 bilhões no 1º trimestre. Os resultados das demais empresas estão previstos para sair ainda hoje

13 de maio de 2019
19:27 - atualizado às 13:02

A última semana da temporada de balanços do 1º trimestre de 2019 começa com a divulgação dos resultados de quatro companhias listadas no Ibovespa.

Itaúsa, Cosan, Eletrobras e JBS divulgam seus dados, e para você não ficar perdido em meio à tantos números, o Seu Dinheiro separou uma lista com os principais resultados. Enquanto isso, você também pode conferir a prévia dos balanços desta semana e ficar por dentro das expectativas do mercado.

Itaúsa

A holding de investimentos que controla o Itaú Unibanco registrou um lucro líquido de R$ 2,486 bilhões no 1º trimestre. O resultado representa uma alta de 3,6% na comparação com o mesmo período do ano passado. Os ativos totais da empresa somaram R$ 54,323 bilhões, alta de 1,2%, e o patrimônio líquido subiu 3,9%, para R$ 50,402 bilhões. Nos últimos anos, a Itaúsa saiu às compras de outros ativos, como a Alpargatas, fabricante das Havaianas, e uma participação na NTS - Nova Transportadora do Sudeste, gasoduto cujo controle foi vendido pela Petrobras.

Cosan

A Cosan divulgou lucro líquido de R$ 395,7 milhões no primeiro trimestre de 2019 (alta de 14,5% ante R$ 345,7 milhões do mesmo período do ano passado). O período, entre janeiro e março deste ano, corresponde ao quarto e último trimestre da safra 2018/2019 de cana-de-açúcar, um dos principais ramos de atividade da companhia.  A Cosan relatou lucro ajustado proforma de R$ 401,3 milhões (alta de 11,3%). O Ebitda somou R$ 1,447 bilhão (alta de 21,4%). O Ebitda ajustado proforma atingiu R$ 1,459 bilhão, alta de 11,2% na mesma base de comparação.

Eletrobras

A Eletrobras fechou o primeiro trimestre de 2019 com um lucro líquido de R$ 1,347 bilhão, 178% maior que o de R$ 484 milhões no mesmo período do ano anterior. O resultado com operações continuadas foi de R$ 1,570 bilhão, queda de 34% ante o primeiro trimestre de 2018, e com as descontinuadas, ou seja, as distribuidoras, houve um prejuízo líquido de R$ 223 milhões. O prejuízo de R$ 1,176 bilhão da Amazonas D foi compensado parcialmente pelo lucro de R$ 94 milhões da Ceal e o resultado da venda da elétrica de Alagoas de R$ 859 milhões.

JBS

A JBS teve lucro líquido de R$ 1,09 bilhão no primeiro trimestre de 2019, alta de 116% ante o mesmo período de 2018. O resultado foi ajudado pelo efeito do câmbio sobre as operações no exterior e sobre as exportações. O lucro veio acima do esperado pelos analistas, que previam lucro líquido de R$ 464,5 milhões, de acordo com a Bloomberg. A receita líquida da empresa de alimentos controlada pela família Batista avançou 11,5% para R$ 44,3 bilhões no trimestre, com avanço em todas as unidades de negócios, tanto no exterior quanto no Brasil. Segundo a companhia, a desvalorização média do real frente ao dólar no primeiro trimestre foi de 14%.

 

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Me vê bitcoin

De olho no interesse dos clientes por bitcoin (BTC), Mastercard vai lançar plataforma que une criptomoedas com cartões de débito e crédito

Com essa integração, o cliente pode receber cashback em criptomoedas após compras no cartão de crédito, por exemplo

Exile on Wall Street

Felipe Miranda: Entre “O fim do Brasil —parte 2” e o começo da terceira via

Depois do desastre com o teto de gastos, o que podemos esperar de uma resolução que não envolva nem Lula nem Bolsonaro?

COLUNA DO JOJO

Bolsa hoje: Suas definições de “responsabilidade fiscal” foram atualizadas

A temporada de resultados brasileira, que começou na última sexta-feira, segue hoje com EcoRodovias, EDP Brasil, Neoenergia e TIM, após o fechamento do mercado. Enquanto isso, ao longo do dia, o presidente Jair Bolsonaro deverá lançar o Programa de Crescimento Verde, indicativo positivo para a COP26 de novembro

CRIPTOMOEDAS HOJE

Bitcoin (BTC) retoma os US$ 63 mil após cair na sexta-feira e outras criptomoedas sobem até 10% hoje; confira

Destaque para a Solana (SOL), que vem apresentando resultados acima da média das dez principais moedas do mundo

UM OLHO NO GATO, OUTRO NO PEIXE

Como a encrencada Evergrande pretende se inspirar em Elon Musk para sair da draga

Depois de depositar dinheiro devido a credores externos, fundador fala em deixar em segundo plano os empreendimentos imobiliários para investir em setores considerados mais promissores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies