Menu
2019-06-21T13:02:20-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
"Mexidão" dos números

Cardápio dos balanços: Itaúsa, Cosan, Eletrobras e JBS divulgam resultados do 1º trimestre

Itaúsa, holding de investimentos que controla o Itaú Unibanco, registrou um lucro líquido de R$ 2,486 bilhões no 1º trimestre. Os resultados das demais empresas estão previstos para sair ainda hoje

13 de maio de 2019
19:27 - atualizado às 13:02

A última semana da temporada de balanços do 1º trimestre de 2019 começa com a divulgação dos resultados de quatro companhias listadas no Ibovespa.

Itaúsa, Cosan, Eletrobras e JBS divulgam seus dados, e para você não ficar perdido em meio à tantos números, o Seu Dinheiro separou uma lista com os principais resultados. Enquanto isso, você também pode conferir a prévia dos balanços desta semana e ficar por dentro das expectativas do mercado.

Itaúsa

A holding de investimentos que controla o Itaú Unibanco registrou um lucro líquido de R$ 2,486 bilhões no 1º trimestre. O resultado representa uma alta de 3,6% na comparação com o mesmo período do ano passado. Os ativos totais da empresa somaram R$ 54,323 bilhões, alta de 1,2%, e o patrimônio líquido subiu 3,9%, para R$ 50,402 bilhões. Nos últimos anos, a Itaúsa saiu às compras de outros ativos, como a Alpargatas, fabricante das Havaianas, e uma participação na NTS - Nova Transportadora do Sudeste, gasoduto cujo controle foi vendido pela Petrobras.

Cosan

A Cosan divulgou lucro líquido de R$ 395,7 milhões no primeiro trimestre de 2019 (alta de 14,5% ante R$ 345,7 milhões do mesmo período do ano passado). O período, entre janeiro e março deste ano, corresponde ao quarto e último trimestre da safra 2018/2019 de cana-de-açúcar, um dos principais ramos de atividade da companhia.  A Cosan relatou lucro ajustado proforma de R$ 401,3 milhões (alta de 11,3%). O Ebitda somou R$ 1,447 bilhão (alta de 21,4%). O Ebitda ajustado proforma atingiu R$ 1,459 bilhão, alta de 11,2% na mesma base de comparação.

Eletrobras

A Eletrobras fechou o primeiro trimestre de 2019 com um lucro líquido de R$ 1,347 bilhão, 178% maior que o de R$ 484 milhões no mesmo período do ano anterior. O resultado com operações continuadas foi de R$ 1,570 bilhão, queda de 34% ante o primeiro trimestre de 2018, e com as descontinuadas, ou seja, as distribuidoras, houve um prejuízo líquido de R$ 223 milhões. O prejuízo de R$ 1,176 bilhão da Amazonas D foi compensado parcialmente pelo lucro de R$ 94 milhões da Ceal e o resultado da venda da elétrica de Alagoas de R$ 859 milhões.

JBS

A JBS teve lucro líquido de R$ 1,09 bilhão no primeiro trimestre de 2019, alta de 116% ante o mesmo período de 2018. O resultado foi ajudado pelo efeito do câmbio sobre as operações no exterior e sobre as exportações. O lucro veio acima do esperado pelos analistas, que previam lucro líquido de R$ 464,5 milhões, de acordo com a Bloomberg. A receita líquida da empresa de alimentos controlada pela família Batista avançou 11,5% para R$ 44,3 bilhões no trimestre, com avanço em todas as unidades de negócios, tanto no exterior quanto no Brasil. Segundo a companhia, a desvalorização média do real frente ao dólar no primeiro trimestre foi de 14%.

 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

quem vai levar?

Tem ação fresquinha vindo aí, minha amiga, com o IPO da Hortifruti Natural da Terra

Com tese de investimento sendo que ela é o melhor do supermercado e da feira, companhia busca recursos para expandir operações

Ligando na tomada

Renault traz a nova geração de carros elétricos ao Brasil — e Weg e EDP garantem a recarga

A Renault firmou parceria com EDP e WEG para o fornecimento de infraestrutura do novo Zoe, veículo 100% elétrico da montadora francesa

Estreia na segunda

Hashdex capta mais de R$ 615 milhões para o primeiro ETF de criptomoeda

O ETF replicará um índice desenvolvido pela Nasdaq com a própria gestora Hashdex e estreia na bolsa brasileira na seugnda-feira (26)

novata na b3

Grupo GPS aceita desconto e arrecada R$ 2,5 bilhões em IPO; conheça mais a empresa

Prestadora de serviços de limpeza e segurança encara mesmas dificuldades que outras empresas para listar ações na bolsa

MERCADOS HOJE

Com orçamento superado, Ibovespa encontra fôlego e opera em alta; dólar também avança

O dia de hoje deve ser marcado pela repercussão do aumento de impostos de Joe Biden e o alívio com a sanção presidencial do orçamento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies