Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
Ibovespa
Publicações
A Bula do Mercado

Riscos e incertezas após prisão

Prisão do ex-presidente Michel Temer eleva tensão da classe política e dificulta a tramitação da reforma da Previdência no Congresso

Dia negativo

Ibovespa se afasta das mínimas, mas fecha em queda de 1,34%

A prisão do ex-presidente Michel Temer trouxe (ainda) mais preocupação ao mercado, que já mostrava cautela com a reforma da Previdência

A Bula do Mercado

O peso da suavidade

Tom ameno do Federal Reserve na comunicação levanta dúvidas sobre economia dos EUA e proposta suave para os militares põe em risco aprovação da reforma da Previdência

DE OLHO NO GRÁFICO

Depois dos 100K, Ibovespa sobe mais? Vai depender do S&P…

Coluna traz vídeos sobre análise gráfica e dicas de investimentos. Terças e quartas o tema é o mercado de ações. Quinta-feira é a vez das criptomoedas

Mercados hoje

Montanha-russa: Ibovespa ensaia melhora com Fed, mas Previdência dos militares derruba índice

A postura do Federal Reserve trouxe alívio às negociações no meio da tarde, mas a tensão em relação à previdência dos militares pesou sobre o índice na reta final do pregão

O QUE VEM DEPOIS DE 100 MIL?

A bolsa pode mais? Bradesco BBI diz que sim e projeta o Ibovespa em até 145 mil pontos

Estimativa do chefe da área de análise de ações do banco reflete o melhor cenário, com aprovação de uma reforma da Previdência robusta, com uma economia de pelo menos R$ 800 bilhões em dez anos.

A Bula do Mercado

Dia de decisão

Bancos centrais do Brasil (Copom) e dos Estados Unidos (Fed) decidem sobre a taxa de juros, mas foco está em pistas sobre os próximos passos

Blog da angela

Antes de ir à praia, passe na BM&F:

Quem nunca passou por esse aperto e agradeceu aos céus por ter aquele dinheiro guardado num fundo de renda fixa para emergências? Aquela aplicação básica em título público ou privado que quebra o maior galho?

Mercados

Ainda não foi dessa vez: Ibovespa perde força no fim do pregão e fecha abaixo dos 100 mil pontos

O principal índice da bolsa brasileira passou boa parte da tarde na faixa dos 100 mil pontos, mas não conseguiu permanecer nesse nível. O dólar comercial ficou praticamente estável

A Bula do Mercado

Muito além do otimismo

Após Ibovespa romper os 100 mil pontos e o dólar vir abaixo de R$ 3,80, mercado doméstico busca motivação para ir em frente, mas cabe também alguma cautela

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu