Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-03T17:52:53-03:00
Estadão Conteúdo
Sem volta

UE reitera que acordo do Brexit não está aberto para renegociações

Conselho Europeu disse que seguirá acordo concluído em novembro e reiterou que o bloco não está aberto para novas negociações

14 de dezembro de 2018
8:44 - atualizado às 17:52
Bandeiras do Reino Unido e da União Europeia
Imagem: shutterstock

Os líderes da União Europeia emitiram comunicado na noite desta quinta-feira onde ressaltam que o bloco não está aberto a renegociações sobre o acordo do Brexit além do que já foi negociado com o Reino Unido.

"O Conselho Europeu reitera as conclusões de 25 de novembro de 2018, nas quais aprovou o acordo do Brexit e aprovou a declaração política. A União mantém esse acordo e pretende proceder com sua ratificação. Não está aberta uma renegociação", aponta documento divulgado há pouco pelo bloco.

A UE aponta, ainda, que o Conselho Europeu pretende estabelecer uma "parceria tão estreita quanto possível com o Reino Unido" no futuro e relata que está pronta para embarcar nesses preparativos "imediatamente após a assinatura do acordo do Brexit para garantir que as negociações possam começar o mais rápido possível após a retirada do Reino Unido".

Além disso, a UE comenta que o "backstop", mecanismo para evitar uma fronteira física entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda, "destina-se a ser uma apólice de seguro para garantir a integridade do mercado único. É a firme determinação da União em trabalhar rapidamente num acordo subsequente que estabeleça, até 31 de dezembro de 2020, disposições alternativas, de modo que o mecanismo de proteção não seja acionado".

Fronteira rígida

Para o Conselho Europeu, se o "backstop" se mantiver, ele se aplicará temporariamente "a menos e até que seja substituído por um acordo posterior que garanta a eliminação de uma fronteira rígida".

Em coletiva de imprensa dada após a divulgação do documento, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, afirmou que a UE divulgará documentos para um cenário de Brexit sem acordo em 19 de dezembro.

Ele comentou, ainda, que o debate sobre o processo de saída do Reino Unido do bloco tem se mostrado "nublado e impreciso" algumas vezes, mas cobrou posicionamento dos britânicos ao dizer que "nossos amigos precisam definir o que querem".

Juncker também pontuou que não se sente confortável com a ideia de que a Europa deva fornecer respostas para dificuldades do Reino Unido no momento em que são os britânicos que estão saindo do bloco e aproveitou a coletiva para alfinetar a primeira-ministra britânica, Theresa May.

De acordo com ele, "May está lutando duro, mas não estamos vendo resultados". A premiê esteve em Bruxelas para a cúpula da UE um dia após ter vencido uma moção de desconfiança movida contra ela por integrantes do próprio partido.

Na imprensa britânica, há relatos de que o líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, considera apresentar um voto de desconfiança contra o governo antes do Natal caso May não consiga garantir mudanças no acordo do Brexit.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa resiste em alta, as ofertas de ações da Arezzo e da Equatorial e uma pedra no sapato dos FIIs: veja as principais notícias desta quinta

Após o discurso duro do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, na tarde de ontem, o que desencadeou uma forte queda nas bolsas americanas, hoje foi dia de ajuste nas bolsas globais. O Ibovespa começou o dia novamente com uma alta substancial, ainda movido pela entrada de recursos estrangeiros na bolsa brasileira, aproveitando-se dos descontos […]

OLÉ!

Apple dribla crise de chips e justifica protagonismo entre big techs com trimestre histórico; confira desempenho da maçã e a reação do mercado

Os últimos três meses do ano são de extrema importância para a empresa, pois fornece a Wall Street uma visão de como seus produtos podem se comportar no ano seguinte

Fechamento Hoje

Em dia de ajuste pós-Fed, Ibovespa fecha em alta de mais de 1% e testa os 113 mil pontos; dólar cai

Piora em NY chegou a desacelerar as altas na bolsa brasileira, que conseguiu se recuperar na reta final do pregão

QUE GOLAÇO!

Token do Santos será o primeiro a pagar “dividendos” a investidor após negociação do atacante Yuri Alberto; entenda e saiba como receber

Revelado pelo Santos e destaque no Internacional, Yuri Alberto faz parte de uma cesta de atletas que podem gerar algum lucro para quem tiver os Tokens da Vila

DE VOLTA ÀS ESTRADAS

Com a bênção da ANTT, Itapemirim recua em plano de suspender linhas de ônibus; confira as rotas que vão funcionar normalmente

Grupo, que está em recuperação judicial, surpreendeu passageiros no final do ano passado ao cancelar voos da ITA, sua recém inaugurada companhia aérea

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies