Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-03T17:52:53-03:00
Estadão Conteúdo
Sem volta

UE reitera que acordo do Brexit não está aberto para renegociações

Conselho Europeu disse que seguirá acordo concluído em novembro e reiterou que o bloco não está aberto para novas negociações

14 de dezembro de 2018
8:44 - atualizado às 17:52
Bandeiras do Reino Unido e da União Europeia
Imagem: shutterstock

Os líderes da União Europeia emitiram comunicado na noite desta quinta-feira onde ressaltam que o bloco não está aberto a renegociações sobre o acordo do Brexit além do que já foi negociado com o Reino Unido.

"O Conselho Europeu reitera as conclusões de 25 de novembro de 2018, nas quais aprovou o acordo do Brexit e aprovou a declaração política. A União mantém esse acordo e pretende proceder com sua ratificação. Não está aberta uma renegociação", aponta documento divulgado há pouco pelo bloco.

A UE aponta, ainda, que o Conselho Europeu pretende estabelecer uma "parceria tão estreita quanto possível com o Reino Unido" no futuro e relata que está pronta para embarcar nesses preparativos "imediatamente após a assinatura do acordo do Brexit para garantir que as negociações possam começar o mais rápido possível após a retirada do Reino Unido".

Além disso, a UE comenta que o "backstop", mecanismo para evitar uma fronteira física entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda, "destina-se a ser uma apólice de seguro para garantir a integridade do mercado único. É a firme determinação da União em trabalhar rapidamente num acordo subsequente que estabeleça, até 31 de dezembro de 2020, disposições alternativas, de modo que o mecanismo de proteção não seja acionado".

Fronteira rígida

Para o Conselho Europeu, se o "backstop" se mantiver, ele se aplicará temporariamente "a menos e até que seja substituído por um acordo posterior que garanta a eliminação de uma fronteira rígida".

Em coletiva de imprensa dada após a divulgação do documento, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, afirmou que a UE divulgará documentos para um cenário de Brexit sem acordo em 19 de dezembro.

Ele comentou, ainda, que o debate sobre o processo de saída do Reino Unido do bloco tem se mostrado "nublado e impreciso" algumas vezes, mas cobrou posicionamento dos britânicos ao dizer que "nossos amigos precisam definir o que querem".

Juncker também pontuou que não se sente confortável com a ideia de que a Europa deva fornecer respostas para dificuldades do Reino Unido no momento em que são os britânicos que estão saindo do bloco e aproveitou a coletiva para alfinetar a primeira-ministra britânica, Theresa May.

De acordo com ele, "May está lutando duro, mas não estamos vendo resultados". A premiê esteve em Bruxelas para a cúpula da UE um dia após ter vencido uma moção de desconfiança movida contra ela por integrantes do próprio partido.

Na imprensa britânica, há relatos de que o líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, considera apresentar um voto de desconfiança contra o governo antes do Natal caso May não consiga garantir mudanças no acordo do Brexit.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Ora, pois

Bradesco deve abrir base em Portugal para ‘seguir’ milionários brasileiros

Movimento de migração de famílias clientes do segmento private do banco após a pandemia levou à retomada dos estudos para entrar no mercado lusitano

De volta aos dois dígitos

Mercado já vê juros de até 11% em 2022

Drible no teto de gastos gerou movimento generalizado nas instituições financeiras para revisar para cima suas projeções para a taxa de juros

Óleo e gás

3R Petroleum (RRRP3) certifica reservas provadas de 185,1 milhões de barris

Companhia divulgou resultado da certificação de reservas do Campo de Papa-Terra, na Bacia de Campos, cuja participação foi adquirida da Petrobras

Valor intangível

As 10 marcas mais valiosas do mundo em 2021 – a líder vale US$ 408,2 bilhões

Apple lidera ranking da Interbrand, seguida de outras big techs; com alta de 184%, Tesla foi a marca com maior salto no seu valor no último ano

Contrata-se

Fintechs fazem mercado de vagas crescer 466%, com foco em tecnologia

Startups de tecnologia para o mercado financeiro procuram talentos sobretudo na área de TI, e alguns processos seletivos são exclusivos para mulheres

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies