Menu
2018-10-29T10:09:38-03:00
Estadão Conteúdo
Eleições 2018

Nomes técnicos para transição de governo devem ser anunciados esta semana, diz Onyx Lorenzoni

Futuro ministro da Casa Civil defende separação da previdência da assistência Social e criticou atual reforma que tramita na Câmara dos Deputados

29 de outubro de 2018
9:45 - atualizado às 10:09
Onyx Lorenzoni, ministro-chefe da Casa Civil no governo Bolsonaro
Onyx Lorenzoni - Imagem: Roberto Jayme/Estadão Conteúdo

O deputado federal e futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disseque a equipe do presidente eleitor, Jair Bolsonaro (PSL), vai anunciar "alguns nomes técnicos" para o governo de transição entre quarta e quinta-feira desta semana.

Maioria no Congresso

Em entrevista às rádios CBN e Eldorado, Onyx disse que o governo Bolsonaro vai acabar com o "toma lá dá cá" e com o loteamento de cargos e estatais por razões políticas e de coalizão. "Não vamos lotear cargos, queremos servir o país. Vamos quebrar o toma lá dá cá e formar maioria de outra forma", disse.

O futuro ministro também disse que há "se separar Previdência da Assistência Social" e que não houve tratativa para usar proposta da reforma da Previdência do governo Temer. A possibilidade é defendida pela equipe econômica do governo do emedebista, como o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, e o secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida.

O deputado federal criticou a baixa durabilidade da reforma que tramita na Câmara dos Deputados. "Não se pode olhar caixa de curto prazo, como na proposta de Temer", disse ao reforçar que defende uma reforma "que se faça de uma única vez. O atual governo propôs apenas um remendo, mas a reforma tem de ser de longo prazo", disse.

PIB

Sobre o PIB brasileiro, Onyx afirmou que o "crescimento econômico voltará num ciclo diferente dos últimos 20 anos". "Vamos mudar a relação que tínhamos com ditadores e de expressões comunistas", disse. O futuro ministro afirmou que o governo Bolsonaro vai buscar se relacionar mais com Chile, EUA, Canadá, Coreia do Sul, entre outras nações "que conseguiram dar prosperidade para o seu povo". Ele também relatou que os caminhoneiros terão atenção, respeito e valorização no futuro governo, referindo-se à greve que parou o País no fim do primeiro semestre e prejudicou a produção e o consumo.

Leia mais sobre como você pode investir com a eleição de Bolsonaro:

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

retomada

Crise já não prejudica produção de combustíveis da Petrobras, diz ANP

Agosto foi um marco no processo de retomada das refinarias produtoras de combustíveis neste ano, com o fator de utilização da capacidade das unidades produtoras chegando à média de 80%

Chocolate vitaminado

Advent investe na dona da Kopenhagen e Brasil Cacau

O valor do negócio não foi divulgado. Mas uma parte do dinheiro deve ser usada para expandir a rede do Grupo CRM, que conta com mais de 800 lojas — a maior parte no modelo de franquia

De virada

Ibovespa aproveita bom desempenho da Petrobras e estreia no quarto trimestre com virada contra cautela

Com virada da bolsa a partir do meio da tarde, cautela com os cenários político e fiscal locais ficou restrita aos mercados de câmbio e juros

desinvestimentos liberados

STF decide que Petrobras não precisa de aval do Congresso para vender refinarias

Corte apreciava pedido do Senado, que alegava que o governo estaria desmembrando a empresa para vender ativos; estatal pode prosseguir com plano de desinvestimentos

Peac-Maquininhas

BNDES inicia novo programa de empréstimo de no máximo R$ 50 mil

Linha é para microempreendedores e pequenos negócios; Peac-Maquininhas é uma linha de crédito com recursos do Tesouro, que serão emprestados via BNDES

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements